Monday, April 18, 2005

Mais um dia, mais um trabalho apresentado

Cá estou eu a postar, depois de um revigorante episódio de "Lost". Realmente sabe melhor ver isto à segunda à noite que ao domingo à tarde.
Mas como estava eu a dizer, mais um dia, mais um trabalho apresentado, e, arrisco a dizer, mais um sucesso. Tivemos menos de uma semana para fazer este trabalho, e saiu bastante bem! Com tanto trabalho para fazer, já lá vão umas duas semana em que não ponho os pés nas aulas, mas se calhar é isso que me tem impedido de descender por uma espiral de loucura :P Hoje não foi excepção à regra, nada de aulas para ninguém (nem mesmo a aula da tarde com o GA... que é secretamente conhecido como "bichona louca", e portanto o Vício, o Micks e o Citrus recusaram-se a ir á aula, porque era uma aula que exigia um certo nível de contacto físico... portanto toda a gente aproveitou e faltou também, e ficamos a preparar o trabalho que íamos apresentar na aula a seguir). Chegamos ao botânico cedo, mas logo quando chegamos vimos que todos os computadores funcionais estavam ocupados e não estavam em vias de ficarem livres tão cedo. Assim, eu, o Citrus, a Pura e a Pata não tivemos outro remédio senão ir para o departamento de Matemática e fazer figas para que encontrássemos lá um mísero computador livre. De facto, encontramos. Para dizer a verdade, encontramos uma sala cheia deles. Claro que entramos e instalamo-nos muito quietos a trabalhar, mas estavam umas pseudo-matemáticas atrás de nós a jogarem joguinhos idiotas no pc, tipo "Forca do Harry Potter" (eu sei porque ouvi uma delas, ganda burra, a perguntar qual era uma palavra do título do primeiro livro do Harry Potter. Até me apeteceu ajudar a pobre criatura, que estava presa em tal complicadíssimo imbróglio, mas tinha de me concentrar no meu trabalho e não podia dispender energia dizendo-lhe que a palavra que ela procurava era "Sorcerer".) e coisas que tais. Passou-se algum tempo, e quando as crianças decidiram que já não queriam brincar mais à forca, deu-lhes para saírem, só que alguém tinha de ficar com a chave da sala. Lá vinham elas todas lampeiras entregar-nos a chave a nós, quando parece que repararam que nós não éramos alunos de matemática. Uma certa fita um bocado apeixeirada seguiu-se, quando as criaturas, quais harpias, começaram a guinchar que nós não podíamos estar ali, e que se o porteiro descobria elas é que ouviam sermão, e que nós estávamos sempre ali a ocupar-lhes os computadores todos e que elas eram umas pobres desgraçadas, e que tínhamos de ir embora e não sei quê. Nós explicamos às obviamente limitadas criaturas que o nosso departamento tinha, de momento, 5 computadores a funcionar, que curiosamente estavam ocupados, portanto tínhamos de usar outros para terminar o nosso trabalho. As criaturas tornaram a guinchar mais qualquer coisa, mas depois de 5 minutos de um ruído semelhante ao das unhas a raspar num quadro, as degeneradas lá foram embora, e deixaram a chave com alguém que não nós. Nós estávamos parvos da vida, foi um dos exemplos mais flagrantes de cabrice que vi nos últimos tempos. Quero dizer, a sala tinha cerca de 16 computadores. Nós ocupamos 2 para trabalhar e as lontras estavam a ocupar uns 4 para jogarem a Forca do Harry Potter. Sobravam 10 computadores, que estavam vazios e sem perspectivas de iram ser usados. Não era como se houvesse pessoas em fila à porta, desesperadas por usar os computadores! Os estupores daquela criaturas podem ir à merda, elas mais a estúpida forca do Harry Potter. Puta de lata... Apesar deste ligeiro desaire, compusemos o trabalho, escrevemos as nossas partes, a Porphy chegou, e fomos almoçar. Nem o Vício, nem o Micks, nem a Elsa estavam, portanto não pudemos começar o nosso Conclave - sim, porque nós tínhamos um Conclave planeado para hoje, para destituirmos a Pura e elegermos um novo líder para a nossa religião. O Citrus foi o único que se lembrou de trazer casaco vermelho, os restantes (including me :P) não tinham nada de vermelho, e portanto desempenhamos mal a nossa função de Cardeais. Depois do almoço, voltamos ao botânico, arranjamos um computador livre, e começamos a rever as últimas coisas do trabalho. Entretanto chegou o Micks, a Elsa, a Sónia e a senhora, a personagem mítica do grupo deles ^_^ A Elsa tinha trazido as fotos que tirou em Faro, e estavam numa apresentação do power point mesmo porreira :) Fartamo-nos de rir com aquilo. Quando o stress começou a apertar, eu e o Citrus adaptamos um state of mind muito à la "Fight Club" e decidimos andar à porrada. Lá andávamos nós engalfinhados pelo chão fora - o meu pobre relógio ficou todo riscado :( - as empregadas da biblioteca a passarem por nós, o pessoal todo a ver lolol foi uma cena engraçada. Às tantas, a Sónia foi puxar pelo Citrus e o Micks veio puxar pela minha perna lol já estávamos a ser arrastados, na risota, a rebolar pelo chão lol enfim, foi giro. Ficamos foi um bocado cansados, mas o stress sem dúvida que passou :P Quem quiser experimentar, é remédio santo. Porradinsky! ^_^ Entretanto, a hora do trabalho chegou, e nós fomos logo o primeiro grupo. Quando chegou a minha vez, eu pensei que estava a fazer uma cagada em 3 actos, não tinha estudado a minha parte tanto quanto precisava, mas quando chegou ao fim toda a gente disse que eu estive muito bem, e na opinião da profe até fomos o grupo com melhor apresentação oral lolol e eu com a impressão de que só estava a fazer bosta. Enfim, fiquei muito contentinha ^_^ O trabalho 2 também foi uma moca, a mítica senhora do gruop foi um espectáculo a apresentar, do estilo dizia as mesmas cenas 3 ou 4 vezes seguidas, divagava para coisas que tinham pouco a ver com o assunto, punha-se à frente do projector a apresentar, depois ficava com metade do slide projectado na cabeça e não sabia onde se havia de meter para ler as coisas que estavam tapadas pela cabeça dela lol Foi mau porque acabou por lhes prejudicar o trabalho, mas de certeza que a professora vai dar um desconto. Depois vim para casa, de boleia com o Micks, e viemos a viagem toda a rir-nos por causa da senhora. É mesmo uma personagem e tanto xD
And now, for something different: descobri um site com animações engraçadinhas da Lenore, the cute little dead girl ^_^ Fica em: http://www.nightrose.com/lenore.htm, façam-me o favor de lá ir. Não é, de longe, tão engraçado como os comis, mas visto que eles são tão difíceis de arranjar, I guess this is the next best thing. Claro que falo para vocês, porque eu tenho os livros :P hehe envy me!
Aqui está o resultado de uma piquena quiz que tomei a liberdade de fazer:
nnyresult
You're Nny! You're psychotic and kind of evil, but
somewhere in there is an emotion. Good luck
finding it.


What Johnny the Homicidal Maniac character are you?
brought to you by Quizilla
Yes, I'm Johnny! :D
And by the way, is there any band cooler than this?
Image hosted by Photobucket.com
Let me answer that for you: fuck, no!
Green Day \m/

3 comments:

XTG said...

Uma certa fita um bocado apeixeirada seguiu-se, quando as criaturas, quais harpias, começaram a guinchar que nós não podíamos estar ali --> não lia a palavra harpias á imensos anos!!! :)

Não é por nada, mas ontem fartou-se de chover por aqui, deves ter apanhado um belo dia de praia :P
**************

D. Cutty said...

just came to say hi! New face huh? :D see ya. (k)

XTG said...

Ok, já vejo lol, mas tens que admitir que espetar aquilo no fundo de uma página de metro e meio é algo escondido :p