Wednesday, December 29, 2004

The quest for alcohol

Ja e um bocado tarde para eu falar do Natal, ia ter montes de coisas para escrever e nao estou com muita cabeca para isso ^_^
Hoje levantei-me cedo (9h20, quase de madrugada!) para ir com o Dib e a Porphyra (a.k.a. Gumby) numa quest for alcohol. Afinal e preciso para a party de sexta, e era uma coisa que ainda nao estava muito esclarecida. Fui equipada com papel e caneta para apontar as coisas que fôssemos escolhendo. Fomos ao NorteShopping porque tambem tinhamos na ideia ir dar uma volta pela Party House, que e uma loja especializada em cenas para festas. Fizemos a passagem da praxe pela Fnac e la fomos a tal loja - que, descobrimos nos, se chama agora Party Fiesta em vez de Party House :P Escolhemos um saco de baloes metalizados (que o Dib disse serem muito dificeis de encher) e depois andamos por la a ver as cenas e a brincar. Havia montes de mascaras e de perucas, metralhadoras, espadas com sangue e essas cenas lol teve de ir la uma empregada da loja avisar-nos que nao era permitido andarmos a brincar com aquilo *damn it!* Procuramos umas protecoes de plastico para por na mesa, mas so tinha cenas de papel. Depois de irmos a seccao das partidas, pagaram-se os baloes e fomos embora. A proxima paragem foi o Continente. Pegamos em 4 packs de copinhos de shot (ou melhor, copinhos de cafe para piquenique lol pelo menos era o que dizia a embalagem) e fomos para a seccao das bebidas espirituosas. Fizemos uma lista inicial, andamos pelas prateleiras a procura das cenas que nos iamos lembrando, ja estavamos a ficar alcoolizados so de pensar xD Vai nao vai eram horas do almoco, portanto dirigimo-nos a praca da alimentacao, onde discutimos coisas tao profundas como o Voce na Tv! e a Oprah (que eu vejo, devo confessar lol). Depois do almoço metemo-nos de novo no carro e fomos ate Cedofeita para irmos ao Blow Up Market ver se arranjavamos mais algumas cenas para a festa. Mal entramos na loja, fomos atingidos por um cheiro deveras forte a nao sei que, parecia incenso mas era um bocado intenso demais lol parecia que tinha andado ali alguem a dar umas baforadas (o que nao seria de admirar, sendo na loja que era lol). Apos o estonteamento incial, dedicamo-nos a vasculhar a loja, mas nao encontramos nada. Decidimos ir a Ribeira, onde ha uma loja que vende montes de cenas de cannabis (e eu ja ia com as gomas fisgadas lol). Metemo-nos no carro e fomos ate a Ribeira, onde apos o estacionamento eu salvei o carro do Dib ao dar 1 euro a uma mulher que andava la a pedir e que tinha todo o ar de quem se nao lhe dessemos nada sacava de uma navalha e rasgava os pneus todos ao carro lol Eu ia toda contente, ja a lembrar-me do pacotinho das gomas que eu costumava comer, e dos fantasticos chupas (que, segundo o rigormortis, sabiam a erva... well, DUH)... passamos por uma garrafeira mas decidimos ir primeiro em busca das gomas e depois ao voltarmos para tras passarmos pela garrafeira. Acabamos por nao resistir e entramos :P Os precos eram praticamente os mesmos que os do hipermercado, a nao ser o Pisang Ambon, que era uns 50 centimos mais baratinho. Tivemos de andar a fazer gincana pelo meio dos bacalhaus e das caixas de azeite para chegar a parte das ditas bebidas espirituosas lol e isto que da ter uma mercearia misturada com a garrafeira. Saimos, descemos a rua em alegria, que rapidamente se transformou em desapontamento ao depararmo-nos com a loja fechada, vazia (mas ainda com posters da tipica folhinha na parede) e vários anuncios de "arrenda-se" colados aos vidros. Logo quando eu queria gomas!! Uma pessoa passa um ano sem ir aos sitios e depois e o que da >=( Telefonei a minha prima a ver se ela sabia de mais algum sitio onde pudessemos comprar esse tipo de cenas, ela disse que nas ruas perpendiculares aquela haviam umas quantas lojas de indianos que eram capazes de ter. Comecamos a calcorrear essas tais ruas, mas sem muitos resultados positivos. Encontramos 2 lojas de comercio do Equador, que tinham mortalhas e incensos de varios cheiros, mas nada de gomas de cannabis. Acabamos por desistir e fomos embora. A proxima paragem era o Max Mat em Ermesinde, queriamos ver se arranjavamos umas correntezinhas porreiras para fazermos pulseiras para toda a gente que vai. Andamos de volta dos utensilios de jardinagem e bricolage ate encontrarmos as correntes. Estivemos para ai 10 minutos a medirmos as correntes, a escolhermos fio para apertar, etc etc, e acabamos por decidir nao as levarmos lol Encontramos uma especie de tubinhos de plastico que o Dib disse que deviam ser fantasticos para um shot lol tipo enfiava-se aquilo dentro do shot e depois era va de puxar lol estilo palhinha, mas mais largo e maior. A ideia geral era conseguir ir a beber shot ate a casa de banho, onde se fariam coisas nao muito agradaveis; enfim, desvarios xD Dali fomos a Worten do Modelo (que era mesmo ali ao lado) procurar musicas azeiteirolas para meter num cd para ouvirmos e curtir lol Encontramos um belo cd chamado de um tal Manel das Nespras, chamava-se "Caguei no Cemiterio" ou coisa do genero, e parecia prometedor lol mas era muito caro e nao estivemos para comprar. Fizemos uma listinha de musicas azeiteiras e outra de hits of the 80s lol e fomos ao Modelo. Direitinhos que nem um fuso a seccao das bebidas. Os precos eram praticamente iguais aos do Continente e, tal como la, nao havia Bols Blue (uma das coisas que nos faltava). Começamos a pensar em alternativas ao Bols Blue (sim, porque nos gostamos dos nossos shots coloridos :P), e veio-nos a ideia Powerade ou Gatorade azul. Nao tem alcool, mas sempre dava cor. Compramos 2 folhas de cartolina para se fazerem decoracoes e fomos embora. Next stop: Lidl lol Claro que a variedade no Lidl nao era muita, mas tinha um vodka 2 vezes mais barato que no Continente lol ja combinamos que o vodka vem de la, assim em vez de uma garrafa da para 2 hihihi comprei umas latinhas de cajus salgados e fomos embora. Por estas alturas, de tanto calcorrearmos hipermercados e corredores de bebidas, ja estavamos a dizer que aquilo parecia uma peregrinacao. A quest for alcohol lol ^_^ A proxima (e ultima) paragem era o Continente do good ol' MaiaShopping. Ainda fomos a Worten antes disso, procurar por mais hits of the 80s e musicas azeiteiras (ja temos uma compilacao dance feita pelo Dib, eu tou a tratar da azeiteira e a Porphyra da dos 80s lol agora e preciso uma de chill out, e eu inda sou capaz de arranjar uma de hip hop ^_^) e depois fomos ao dito hipermercado. A Porphyra foi a nossa frente para ir investigar a existencia (ou nao) de Bols Blue nas prateleiras do Continente. A primeira vista nao havia. Mas assim pelo canto do olho um brilho azul atingiu-me, olhei para uma prateleira baixa, e la estavam elas, garrafas de Bols Blue lol estava uma miudinha para ai de 5 anos em frente a elas e eu atirei-me para la a gritar "Bols Blueeeeeee!!" lol a pobre crianca pirou-se logo para a beira do pai, eu devia parecer desesperada. Peguei na garrafa, fizemos uma celebracao do Bols Blue, e depois estivemos a confirmar o resto da lista, Tinha la tudo, por isso sexta vamos la fazer a recoleccao lol Fomos a seccao das bebidas energeticas e decidimos que vamos comprar Gatorade e Powerade na mesma. E talvez Red Bull :P lol Foram feitas as combinacoes finais para sexta feira, cheguei a casa as cinco e qualquer coisa, e e sempre giro pensar que passei o dia de hoje, das 10h30 ate as 17h a olhar para alcool e a andar a procura de alcool e de coisas de cannabis lol Ainda estivemos a ponderar comprar incenso de cannabis, mas o preco era um bocado puxado, e ja temos outros incensos, por isso it's ok. It was a really cool day :)
Domingo passei o dia em casa da Litha com o rigormortis e a M&Ms. Dormimos por la e vimos dois filmes:

Este exige explicacao lol Pobrezinhas de mim, da M&Ms e da Litha, tao desiludidas com a nossa condicao de solteiras, sentimo-nos mesmo desejosas de ver uma chick flick bem melosa lol Este foi o escolhido. A Litha ja tinha visto mas nao se importou de ver outra vez. Nao e grande pincel lol O actor e jeitoso e tem um sotaque espectacular, e isso foi o que salvou o filme lol isso e o facto de estarmos desejosas de ver um filme daquele genero. Agora que ja estou de cabeça mais fresca, posso dizer que o filme nao e grande coisa lol Tenho pena e do rigormortis, nao sei como aguentou sem adormecer - sim, porque ja eram umas belas 2h da manha quando começamos a ver. A seguir foi este:

Ao começar a ver pensei que ia acabar por adormecer, mas o filme e tao bom que me prendeu completamente. A Litha e o rigormortis dormiram a sono solto mas eu e a M&Ms vimos o filme todinho... Excelente, adorei mesmo ^_^ Tenho de ver se o gravo da Litha lol ela agora com gravador de DVDs e sempre a bombar :D Rules of attraction ---> great movie. Deitei-me eram para ai 6h30, acordamos as 10h15, a Litha nao estava em lado nenhum lol procuramos pela casa toda mas ela nao estava lol Nao era a primeira vez que isto acontecia, por isso arranjamo-nos, vestimo-nos e bazamos. Eu surpreendi-me com o quao fresca estava lol nao tive sono o dia todo, estudei na boa... lol mesmo assim nao sei se ja recuperei, tenho de ver se hoje e amanha descanso senao sexta ainda me da o badagaio.
Com os cheques prenda da Fnac que recebi, comprei o pack dos DVDs dos "Pesadelo em Elm Street" lolol Am I the only ones that likes this? Acho que sou :P
One two freddy's coming for you,
three four better shut the door,
five six grab your crucifix,
seven eight better stay up late
nine ten never sleep again!
Fuuuuuuuun xD

Friday, December 24, 2004

Wednesday, December 22, 2004

Pseudo-ferias

E a coisa mais proxima aquilo a que tenho direito. Nao sao ferias, tenho de estudar, e ha todo aquele stress dos exames em janeiro e tal. Mas nao posso evitar sentir-me um bocadinho de ferias: tenho visto uns filmes, ouvido uns cds e matado as saudades de desenhar, o que sabe sempre bem. O tempo para postar nao tem sido muito grande, apesar de me estar sempre a lembrar de coisas, e penso logo "eh pah, tenho de por isto no blog!", mas acabo por nao ter tempo, sei que acabava por me alongar demais e depois nunca mais daqui saia lol e a minha vida nao e esta. Hoje e apenas um post sobre os filmes que tenho visto e os cds que tenho ouvido :)

Meh, filmezito medio. Estava a espera de melhor, ate porque a historia parecia minimamente interessante, mas depois comecaram a aparecer uns cliches, a historia nao soava credivel (quero dizer, mesmo sendo uma historia sobrenatural, quero ver uma ponta de indicio em como aquilo seria possivel... quero ver pelo menos as personagens a parecerem genuinamente envolvidas com o que lhes esta a acontecer, senao como e que posso eu, como espectadora, deixar-me envolver pelo filme? :P), e havia coisas que se descobriam tao facilmente - coisas que nao era suposto sabermos ate ao final do filme. Enfim, terrivel terrivel nao foi, ate nao se ve mal, mas ha por ai muita coisa melhor dentro do mesmo campo. 5/10

Um filmaco! :D Estava muito de pe atras por causa do Ashton Kucther, mas ouvi tanta gente falar bem que tive de ver com os meus proprios olhos... Sai a ganhar. Adorei o filme ^_^ 8/10 Aconselho vivamente :)

Pretty cool movie, ou nao fosse desse grande senhor, Takeshi Kitano ^_^ 7/10

Quanto a musica, arranjei uma coisinha da qual andava atras ha um par de anos:

Fonzieeeeeeeeeeeee xD Eu tenho este cd gravado, claro (como viveria eu sem ele?), mas nunca deixei de procurar pelo original. Nao sei como, quando eu o quis comprar, estava esgotado e sem perspectivas de voltar em todo o lado... Fnacs, Wortens e todas as outras lojas que eu costumo correr (Louie Louie, Mr. Cool, Jojo's, Carbono...), nada em lado nenhum. O outro dia fui a Fnac, nao sei por alminha de quem pus-me a remexer nas prateleiras de musica portuguesa, e escondidinho na parte de tras de uma fila estava la ele, a olhar para mim ^_^ Comprei-o imediatamente lol


Um dos que gravei esta semana, e merece mesmo um destaque. Two thumbs up...!

E agora um, que me tenho esquecido de destacar, mas que merece bem porque e um dos melhores cds que ja ouvi, certamente a melhor coisinha que saiu nos ultimos meses:

E daqueles mesmo indispensaveis, acreditem :)
Dai que vou escolher uma musica de que gosto e espetar aqui a letra, uma vez que estou com pressa e ja nao posso escrever mais nada ^_^

Green Day
Wake me up when September ends
Summer has come and passed
The innocent can never last
wake me up when september ends

like my fathers come to pass
seven years has gone so fast
wake me up when september ends

here comes the rain again
falling from the stars
drenched in my pain again
becoming who we are

as my memory rests
but never forgets what I lost
wake me up when september ends

summer has come and passed
the innocent can never last
wake me up when september ends

ring out the bells again
like we did when spring began
wake me up when september ends

here comes the rain again
falling from the stars
drenched in my pain again
becoming who we are

as my memory rests
but never forgets what I lost
wake me up when september ends

Summer has come and passed
The innocent can never last
wake me up when september ends

like my fathers come to pass
seven years has gone so fast
wake me up when september ends
wake me up when september ends
wake me up when september ends

*ahem* Acho que vou ver o Butterfly Effect outra vez, com licença ^_^

Monday, December 20, 2004

Playlist meme

1. Open up the music player on your computer.

2. Set it to play your entire music collection.

3. Hit the "shuffle" command.

4. Tell us the title of the next ten songs that show up (with their musicians), no matter how embarrassing. That's right, no skipping that Carpenters tune that will totally destroy your hip credibility. It's time for total musical honesty. Write it up in your blog or journal and link back to at least a couple of the other sites where you saw this.

5. If you get the same artist twice, you may skip the second (or third, or etc.) occurances. You don't have to, but since randomness could mean you end up with a list of ten song with five artists, you can if you'd like.

Aqui esta a minha lista:

  • Ruby Soho (2:37) Rancid - ...And Out Come The Wolves
  • Hoopes, I Did It Again (3:11) Relient K - Two lefts don't make a right... but three do
  • Eyes Wired Shut (3:14) Edgewater - The Punisher OST
  • None of my friends are punks (2:34) Allister - Last Stop Suburbia
  • Gimme The Light (3:46) Sean Paul - Dutty Rock
  • Hanging On The Cross Of Doubt (4:07) Twentyinchburial - How Much Will We Luagh And Smile
  • Em Extinção (2:36) Fidbek - Erro Musical
  • Sonhos (3:01) 7pm
  • I'm Not Okay (I promise) (3:08) My Chemical Romance - Three Cheers for Sweet Revenge
  • To Live is To Hide (4:34) Lacuna Coil - Unleashed Memories
Encontrado em Tao Of Mac e K
Agora 'bora la voces fazerem os vossos :)

Friday, December 17, 2004

Gravity

"Honey, It's been a long time coming

And I can't stop now

Such a long time running

And I can't stop now

Do you hear my heart beating

Can you hear that sound

Coz I can't stop thinking

And I don't look down

And then I looked up at the sun
And I could see
Oh the way that gravity turns for you and me
And then I looked up at the sky and saw the sun
And the way that gravity pulls on everyone, on everyone

Baby, It's been a long time waiting
Such a long, long time
And I can't stop smiling
No I can't stop now
And do you hear my heart beating
Ah can you hear that sound
Coz I can't help crying
And I won't look down

And then I looked up at the sun and I could see
Oh the way that gravity turns on you and me
And then I looked up at the sun and saw the sky
And the way that gravity pulls on you and I, on you and I

Can you hear my heart beating
Can you hear that sound
Coz I can't help crying
And I wont look down"



Ontem fui jantar com o meu amigo Judoca. Ele e um daqueles amigos de quem eu gosto
mesmo muito, mas infelizmente nao conseguimos estar juntos muitas vezes: ele esta sempre super ocupado com trabalho (ele e musico... os conhecimentos da Nakamura vao longe lol), quando nao e trabalho e faculdade, o que ainda dificulta mais as coisas, e eu tambem nem sempre posso, ora em aulas, ora em aventuras com o gang, ora a estudar. Ha sempre a net e tudo isso, mas anda muito longe da real thing. E uma daquelas pessoas que me da mesmo saudades. Ontem ele convidou-me para jantar e para ir assistir a um ensaio da banda. Passamos umas horas divertidas, ele falou-me muito sobre musica, como sempre... iamos no carro a ouvir metal dos anos 80 (um grupo chamado Firehouse, no qual ele esta viciado lol) em altos berros, e ele sempre a dizer-me "Ves, aqui neste acorde o baixo acompanha a guitarra, mas está com uma setima a menos porque completa o som da guitarra" e coisas do genero (eu agora devo estar a dizer tudo mal, musicos, nao me matem porque sou so uma leiga), eu nao percebo pevas de musica (adorava aprender a tocar guitarra mas a preguica tem-me prendido) mas adoro estas conversinhas :) Fartamo-nos de falar de editoras e de como isto anda dificil. A certa altura, íamos no carro para o ensaio, e ele lembrou-se de ligar a minha mae para dizer que eu ia ao ensaio. Entao eu dei-lhe o telemovel (sim, apesar de ele ir a guiar, sou uma irresponsavel), ele ligou a minha mae e quando a minha mae atendeu, ele em vez de falar normalmente, fez uma voz fininha e começou a fingir que era eu :P O meu telemovel esta com o som um bocado alto, por isso eu ouvi a conversa toda, e quase colapsei de riso. Era ele "Estou? Estou?" e a minha mae "Estou, filha? Es tu?" (isto durante um tempo, ele estava a fingir que havia qualquer dificuldade na linha) e depois ele "Mae, era so para dizer que vou ao ensaio do Judoca", diz a minha mae "Ai sempre vais? Está bem, a que horas voltas?" e ele "Lá para a meia noite" e a minha mae "Muito bem, tens as chaves nao tens?" e ele "Tenho" e a minha mae "Entao ate logo, beijinhos" e ele finalmente começou-se a rir e disse a minha mae que era ele lolol eu rebolei-me de riso durante a conversa toda, a minha mae tambem achou imensa graça, ela adora o Judoca lol Eu fiquei foi sem saber o que pensar, tipo a minha mae confundiu a voz da sua propria filha :\ Ta bem que o Judoca tava a fazer uma voz mais fininha, mas mesmo assim nao parecia a minha lol O ensaio tambem foi fixe, a unica parte chata foi que estava um frio na sala que nao se podia, os meus pes ficaram absolutamente congelados. O Judoca esteve encarregado dos teclados, eu gosto mais de o ouvir na guitarra ^_^ De vez em quando ia-se enganando, dava-lhe para começar a inventar e a brincar, depois ria-se lol foi muito giro. Ele disse-me que achou que eu devia ter apanhado uma grande seca, mas até fiquei chateada com ele por me dizer isso :\ Gostei mesmo. Foi um final perfeito para o dia :)
Hoje fui à minha antiga Escola Secundária com o rigormortis, a M&Ms e o Brainiac (nao e Brain, e Brainiac mesmo lol sao pessoas diferentes), para visitarmos a nossa profe de Português do 11º e 12º ano. Foi a profe de quem mais gostei em todo o secundário e ainda não foi destronada lol Como sempre, foi giro voltar a escola e ver que esta tudo na mesma... A minha escolinha, ha tanta gente que nao gosta dela, mas eu gosto e tenho muito boas recordaçoes :) (mas tambem, claro, so que foram tantos anos ali... era mesmo a minha segunda casa). Encontramo-nos com a profe, estivemos na conversa montes de tempo, falamos sobre o resto do pessoal da nossa turma, sobre como as coisas estavam a correr para nos, sobre as coisas na escola - parece que a unica coisa que esta a mudar sao os alunos, bando de dementes que nao querem fazer visitas de estudo, onde ja se viu!!! - sobre os nossos antigos professores, sobre a vida, muitas coisas. Disse-nos que estavamos iguaizinhos a dantes, e que era muito bom que continuassemos a encontrar-nos sempre... Ela perguntou-nos como ia a coisa com namoros, nos começamos logo a lamentar-nos da nossa triste sorte lol Somos uns azarados no amor, e nem sequer ao jogo temos sorte lol Entretanto tambem chegou a nossa profe de Quimica do 12º, que nao sendo a minha favorita tambem foi fixe. Eu passei por uma altura muito complicada e os meus testes de quimca do 2º periodo foram uma miseria franciscana, mas a profe entendeu aquilo como uma consequencia do que se estava a passar e confiou em mim nao me descendo a nota... Um espectaculo. Estivemos a conversar mais algum tempo. Recebi um telefonema da Litha a perguntar se ainda estavamos todos juntos. Eu disse que sim, e ela disse "Querem ir ver o Saved?" (eu pensei Weeeeeeeee, sim, quero ver o Saved!, e logo com a Litha a convidar, ela nunca quer fazer nada a noite, esta sempre cansada), ela continuou "No parque nascente" (eu pensei "aaarrrgh, parque nascente nao"), "Ha uma sessao as 19h30" (eu pensei "sao 18h30, como demonios vamos chegar la a tempo??"). Eu fiz a voz mais calma que consegui e perguntei "E como sugeres tu que a gente va para la e chegue a tempo?" e depois de um silencio tipico de quem nao pensou exactamente nos tramites do plano, diz ela "O rigormortis nao levou carro?", eu esclareci que nao, o rigormortis nao tinha levado o carro, tinha vindo de comboio do Porto. Posto isto, diz ela "Ah, tambem nao tinha dinheiro. Adeus." e desligou... lolol que lata do caraças... desperdiça o meu tempo com estas conversas inuteis, estes repentes que lhe dao de fazer coisas e dos quais desiste um minuto depois de ter começado. E que se fosse a primeira vez... mas nao e, e e uma cena que me poe maluca. Eu a gastar as minhas celulas cerebrais, a ver se havia alguma maneira de irmos ter ao parque nascente em menos de uma hora sem estarmos na posse de carro e a termos de fazer paragem em casa dela, em 10 segundos o meu cerebro passou dezenas de maneiras em revista, alguns neuronios morreram de exaustao, para depois ouvir dizer "deixa la, tambem nao tinha dinheiro..." fodassss, que lata!! Ela e a minha mana, mas as vezes chateia-me a brava. Enfim, eu, o rigormortis e a M&Ms ainda combinamos ir hoje a noite ao shopping comer um gelado quente. Ligamos a Litha a convidar, mas claro que ela nao quis ir. Esta semana ja deu para ver em que onda e que ela esta :P Enfim. Espero que o gelado valha a pena *nham nham* Foi muito giro ir a escola. Deu-me uma nostalgia... A M&Ms disse que se lembrava imenso de andar a correr a volta da escola nos corta-matos, o rigormortis lamentou-se por termos ido la e nao termos comido nenhum jesuita, eu lamentei-me por nao poder voltar aos dias em que nos reuniamos por tras do refeitorio e ficavamos a falar de tudo e mais alguma coisa, e como desejavamos nessas alturas parar o tempo e ficar ali. Como me lembro de estar sentada com eles, sem ser preciso dizermos nada, olhavamos uns para os outros e sorriamos e sabiamos que naquele momento tudo era perfeito. Eramos felizes e as coisas eram simples. Ainda no secundário, deixaram de ser... But Iguess that's why you have to grow up, things don't get easier along the way.
Sabe sempre bem rever a minha antiga segunda casa... It's like living those moments in a flash, all over again.

Thursday, December 16, 2004

It's time for a brand new post

Hoje nao e um daqueles dias em que me apetece escrever, e escrever, e escrever, mas vou postar porque já estava com saudades. E que hoje foi o ultimo dia de aulas (nao tecnicamente, porque amanha ainda tenho aulas, mas nao tenciono por la os pes) e estou-me a sentir particularmente preguicosa. So me apetece ir espetar-me no sofa, estilo vegetal, e ficar a fazer zapping durante duas horas lol Mas ca estou eu, a combater os acessos de preguica, e a ver se descubro qualquer coisa interessante (e nao muito complexa, porque as engrenagens do meu cerebro parecem ter entrado em greve, e portanto qualquer coisa semelhante a uma prosa inteligente e cuidada sera algo que nao vao encontrar aqui, sorry to disappoint you) para dizer.
No sabado passado, o gang veio jantar a minha casa. Deram-me as prendinhas, uma das quais o Johnny, pelo qual eu ja suspirava ha uma semana, e foi muito emocionante ve-lo de novo ^^ Um dos membros do gang acabou com a sua cara metade e portanto tivemos algumas break-up conversations. Eu nunca sei o que hei-de dizer as pessoas. Neste caso so me apetecia dizer "Hey, you're better off anyway!" mas como me pareceu que isso nao ia ajudar, calei-me. Nao vou por ai porque nao estou com cabeca para pensar na complexidade destas relacoes e posso acabar a dizer enormes disparates lol Para abreviar, acho que o "You're better off anyway" era o que estava prestes a escapar da boca de todos nos. Escapou da do rigormortis, claro lol mas se eu tambem dissesse o mesmo ja nao conseguia escapar ao inquerito do "Mas porque e que dizes isso? Nao gostavas dele, era? O que e que achavas de mal? Ele vestia-se mal? Cheirava mal da boca? Tinha um cabelo feio? Andava com demasiados trocos na carteira?" e coisas do genero a que ele teve de responder (e eu tambem, por acrescimo, mas numa versao abreviada). E que para alguem dizer "You're better off" esta-se a partir de um pressuposto de que ha algo de errado com a outra pessoa, e portanto a nossa amiga ex-companheira dessa pessoa apresenta-nos um inquerito em que basicamente o que temos de fazer e dizer o que e que havia de errado com essa pessoa. Ora, eu nao acho que houvesse nada de particularmente errado com a outra pessoa (haver havia, todos nos temos coisas erradas, eu entao... lol)... mas a coisa nao estava a dar, entao you're better off. Depois de tanto esforço, de tanto tempo, de tanto cansaco e sofrimento aquilo nao resulta; hey, open your eyes... maybe you're better off. E depois tambem tenho sempre medo de uma cena, tipo uma que aconteceu no Seinfeld. O Kramer ia acabar com a namorada dele, disse ao Seinfeld e a Elaine, e eles desataram a dizer mal da gaja, a dizer que nao sabiam como e que o Kramer tinha aguentado tanto tempo com ela, etc. Depois o Kramer acaba por nao acabar com ela, voltam a ficar juntos, e depois ele diz ao Seinfeld e a Elaine que nao se esquece das coisas que eles disseram dela, e que nunca mais fala com eles... lol

"Kramer: I can't, I gotta get this Ellen out of my life.
Jerry: You're breaking up?
Kramer: Oh ho ho ho yeah, the sooner the better. I can't wait to do it. You know how there's some people you worry about whether you're going to hurt their feelings? With her, I'm looking forward to it. I'd like to get it on video,watch it in slow motion and freeze frame it. Oh ho, yeah.
Elaine: Kramer, I don't know how you lasted as long as you did.
Kramer: Woah, you didn't like her?
Elaine: If you could see her personality it would be like one of the ElephantMan exhibits, you know where they pull off the sheet and everyone gasps.
Jerry: I can't believe someone hasn't killed her yet.
Kramer: How come you never said anything?
Jerry: You can't tell someone how you feel about their girlfriend until afterthey stop seeing them.
(...)

Kramer: I went back with Ellen.
Jerry and Elaine: Ohhhhh, that's great.
Elaine: Terrific.
Jerry: Yeah, I really think you guys are good together.
Elaine: Yes, she understands you and she is not demanding.
Kramer: Do you think that I forgot what you two said about her?
Jerry: I was just trying to be supportive, you know. I knew you were upset.
Kramer: From now on when we pass each other in the hall, I don't know you, youdon't know me.
Elaine: Oh, Kramer, we didn't mean it.
Jerry: What are you doing?
Kramer: I'm getting my pot.
Kramer grabs a put from under the counter and walks out.
Elaine: Kramer, we like her.
Jerry: Kramer? What did we say that's so bad?
Elaine: I believe I referred to her personality as a potential science exhibit.
Jerry: I said, "How come no one's killed her?" Probably shouldn't have said anything, everyone knows the first break-up never takes."
E que ja me aconteceu lolol Enfim, as separaçoes sao complicadas ate para os amigos do casal :P A M&Ms e que sabia muito bem o que estava a dizer, eu e o rigormortis refugiamo-nos no Capcom vs. SNK para vermos se nao eramos obrigados a dizer mais nada. Afinal o que e que se diz?? Nao percebo nada de pessoas :\ Depois de todas estas conversas, estivemos a ver o DVD do Gato Fedorento, e basicamente na descontra, foi muito bom.
Tenho de falar sobre algo que presenciei hoje e que foi deveras assustador. Estava eu com o Vicio e a Porphyra a caminho dos Leoes, muito na nossa e tal, quando, ao virarmos a esquina para nos dirigirmos aos Leoes, nos deparamos com uma cena surreal: para ai 200 idosos, de gorro de Pai Natal enfiado e camisolas iguais, em filas em frente aos Leoes e a fazerem movimentos esquisitos ao som de uma musica estranha (parecia oriental). Ficamos os 3 parados durante uns momentos, olhos arregalados de terror e boca muda de espanto, sem sabermos o que seria aquilo. A medida que fomos conseguindo pensar mais racionalmente, apercebemo-nos de que estava um individuo vestido de branco em cima de um palanque a conduzir os movimentos dos velhotes. Eles estavam todos sincronizados, a musica dava a cena uma dimensao muito estranha e o "guru" de branco era mesmo sinistro. Parecia cena de filme. Avistamos a Pura, a Timli, a Mickette Porsche e o Micks a porta dos Leoes, a olharem embasbacados para o mesmo que nos (como era possivel nao olhar para 200 velhotes a fazerem movimentos de anca esquisitos?). Saltamos e pulamos para ver se eles nos avistavamos (nao podiamos ir ate la, os velhotes cercavam tudo lol) e depois de estarmos uns bons 5 minutos a fazer figuras tristes, a Mickette Porsche viu-nos e conduziu-os ate nos. A primeira coisa que o Micks disse foi um comentario sobre como tudo aquilo era assustador, ao que eu e o Vicio prontamente concordamos, e fomos logo censurados pela Pura e pela Mickette Porsche, que acahvam tudo aquilo muito bom e muito bonito. Nos explicamos que a ideia era boa, sim senhor, e que fazia bem aos idosos estarem a fazer desporto, e conviviam e estavam todos felizes, mas que o cenario, e principalmente o "guru", era muito estranho. Como disse o Micks, fazia lembrar uma seita de suicidios em massa. Estava-se mesmo a espera que dai a nada o "guru" mandasse toda a gente atirar-se de cabeca para o lago :P Era como se os velhotes estivessem sob o total controlo do "guru", um exercito de idosos a merce de um louco, que coisa temerosa. Foi uma coisa que so vista, portanto e dificil escrever sobre ela...
Para acabar, so uma coisa: ja podem ter reparado que estou a escrever tudo sem acentos e sem c cedilhado. Isso e porque este template parece ter dificuldades em aceitar os pobres dos acentos, e portanto quando se poe acenos numa palavra, ele prontamente substitui a letra com o dito acento por um simbolo esquisitoide... Por isso, adeus acentos. Nao pensem que sou eu que sou analfabeta e nao sei escrever como deve ser :P

Saturday, December 11, 2004

Template novo weeeeeeeeeeeeeee

O primeiro post com o template novo. Se nao fosse a Porphyra, nao tinha nada disto, de certeza, porque sou informaticamente analfabeta... Por isso Porphyra, props para ti, you rule!!! Muito obrigada mesmo, deve ter dado um trabalhao... E no meio de tanta coisa que me tem enchido a mente, tambem e estranho que me possa sentir contentinha a pala de um template novo -_- Enfim... Weeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee...!

Friday, December 10, 2004

Ai consumismo, consumismo...

Pergunto-me o que e que havera em comprar uma coisa nova que nos faz sentir melhor. Porque faz, e verdade. Pelo menos a mim. Depois arrependo-me de gastar o dinheiro, e nao sei que (porque toda a gente sabe que eu ando sempre em contençao de despesas...), mas na altura o impulso de comprar e mais forte. Sou consumista, materialista. Uma vez comprei um cd de uma banda qualquer da qual so conhecia uma unica musica; o cd foi carote, eu cheguei a casa ouvi 3 ou 4 musicas, e pousei o cd, e nunca mais lhe peguei lol Isto foi para ai ha 2 anos, e desde esse dia em que o cd entrou e saiu da minha aparelhagem, nao voltou la. O que eu nao poderia fazer com os 18€ que gastei naquela porcaria... Enfim, tanta coisa para dizer que esta semana, graças ao meu humor nao andar pelos ajustes, fartei-me de comprar coisas.

My hero. Quando estou mal disposta, e so enfiar um episodio de Seinfeld no pc, e pronto, nao digo que seja remedio santo (nao e), mas pelo menos consegue-me sempre arrancar um sorriso. Claro que ja sei os episodios das 3 primeiras series quase todos de cor e salteado, mas isso e irrelevante :P O livro tem muito do material de stand-up comedy que aparecia no inicio dos episodios, mas pronto, para fas como eu vale a pena ^_^ E pena ser tao pequeno...

Um grande cd, ja antiguinho (e de 1992...) que faltava na minha discografia. Powerfull sound...

Um DVD com o dito videoclip, o making of, cenas de bastidores e um livrinho muito interessante, com notas sobre a banda e muitos desenhos do videoclip. Nao foi tao caro quanto isso, e pelo preço acho que nao se podia pedir mais. Nao pude resistir, ate porque adoro este videoclip, para mim esta genial. Nem e costume ligar por ai alem aos videoclips, vejo mas e naquela (ao contrario do rigormortis, que passou algum tempo obcecado com o "Satisfaction" dos Benassi Bros. lolol mas isso era por outras razoes), so que este videoclip, para mim e l-i-n-d-o. Esta mesmo bem feito. Sem ser este, so ha outro videoclip que me vem logo à memoria como sendo bestial: "Sledgeghammer" do Peter Gabriel. Mas que grande clip ^_^


Yare yare! xD Finalmente, tenho o pack Kill Bill nas minhas maozinhas! Bem, isto nao foi uma compra por assim dizer, foi mais uma troca. Descobri que o rigormortis, a Litha e a M&Ms já me tinham encomendado o Johnny the homicidal maniac dos States há imenso tempo para me darem nos anos :P E descobri isto, nao de uma forma subtil, mas quando levei o livro, toda pomposa, pronta para fazer o rigormortis roer-se de inveja, e ele ficou com uma cara como se tivesse visto um fantasma mal pos os olhos em cima do livro, e depois desatou a insultar-me, a dizer que eu nao sabia estar quieta, e que tinha estragado a surpresa toda e nao sei que. Queixou-se de que ia ter de comprar outra prenda para obter o efeito surpresa que queria ter obtido com o Johnny lol Enfim, eu preferia ter o livro oferecido por eles, por isso fui troca-lo logo no dia seguinte, e os sortudos foram os Kill Bill.
Também comprei o DVD d' "O Gato Fedorento", mas nao encontrei nenhuma imagem em termos para por aqui. Foi carote, la isso foi... mas valeu a pena, e faz rir. Ah pois faz xD Muito bom mesmo.
Acabando-se as compras, gravei um cd novo (normalmente nem falo dos cds que gravo porque sao aos milhares, mas hoje apetece-me falar do "filho unico" desta semana). Foi "The Used".

Que som, pah... que som. Agressivo mas melodico, raivoso e auto-destrutivo, e noutras alturas consegue ser suave. Tanta mistura de emoçoes num só cd... O que e isto? Nao sei. Nu-metal, Emo, Screamo, Punk... hoje em dia ja nao sei de nada lol basta-me saber que gosto, os rotulos ficam para depois. You almost always pick the best times to drop the worst lines... You almost made me cry again this time. Another false alarm, red flashing lights... Well this time I'm not going to watch myself die!! I think I made it a game to play your game and let myself cry... I buried myself alive on the inside! So I could shut you out... And let you go away for a long time...
Hoje vou ver The Incredibles (versao original. but of course) com o rigormortis. Ao Arrabida Shopping. That means: popcorn! :)
And lets hope I feel better this weekend.

Monday, December 06, 2004

Hey, I'm so weak, won't somebody shut off the light?

Nakamura's is not feeling at her best today. The weekend was a little weird. She felt this urge to write a really long and philosophical (yeah kids, she can be philosophical when she feels like it!) post about her feelings, but instead she went to bed to try and sleep all the bad stuff away. Today, the urge was not there so much. She still feels bad, but she is trying to pretend she doesn't, so she bottled it up (wise move, you stupid kid! :P) . To sum it up, today's post was supposed to be very introspective and all, but due to tecnhical difficulties, it won't be like that. Nakamura just told me she just wishes to post the lyrics of a song today.

K's Choice
Someone to say hi to
"Look at you, how well you've done so far
Look at where you're standing, who you are
And all our moments, good and bad, forever in my head
Wish we could go back just once and laugh at things we said...

It's been wonderful and crazy knowing you
And I hope that I can always see a teenage girl in you
And I know that you'll be fine but I'll be there every time
You need someone to say hi to late at night

Remember how I told you I was scared
You'd end up with some jerk who doesn't even know you're there
Deep down I just knew that you would find someone who's real
Who doesn't claim to know exactly everything you feel

It's been wonderful and crazy knowing you
And I hope that I can always see a teenage girl in you
and I know that you'll be fine but I'll be there every time
You need someone to say hi to late at night

Sometimes when I think of us I'm sad
And it's not-knowing anything of what could lie ahead
And mostly now I'm grateful that you're where you want to be
Not quite here and not quite there but somewhere in between

It's been wonderful and crazy knowing you
And I hope that I can always see a teenage girl in you
And I know that you'll be fine but I'll be there every time
You need someone to complain to late at night"

Yeah, she says it's for Litha. She says there are some things in the lyrics that are not quite like they both would like (and want) them to be, but she's sure one day they will. It'll all be fine :)
Nakamura is saying something now... She's freaking out, saying "OH MY GOD, I've developed multiple personalities!!"... I sure don't know what the hell she's talking about... :P

Friday, December 03, 2004

My birthday ^_^

Quinta-feira foi... bem, foi o dia do meu aniversário.. yay! (quem nao sabe fica a saber lol). Por sorte esta semana nao houve praticas de quimica, por isso tinha o dia livre para passar com o Puredo. Cheguei ao botanico de manha (onde parte do Puredo estava a ter aulas praticas) e encontrei logo a Pura a entrada, ela deu-me os parabens (hehe) fomos para o bar e estivemos la na conversa ate que uns minutos mais tarde apareceu o Vicio. Deu-me os parabens e disse-me que ja toda a gente tinha saido e andava la em cima a minha procura lol por isso eu e a Pura decidimos juntar-nos ao resto do Puredo, subimos as escadas e la fui eu mergulhada nos parabens, muitos beijinhos e abraços e fomos para fora tirar fotos. Decidimos a distribuição por carros (tanto a Porphyra como o Micks tinham levado os seus bólides) e encaminhamo-nos para o Norteshopping (que tantas dores de cabeça nos tinha causado no dia anterior lol). Eu fui com o Vício e o Citrus no carro da Porphyra. Eu tinha levado os meus cards do Dragon Ball para mostrar ao Vício (eu tenho na minha colecção 2 que são tipo 3 dimensionais, ou holográficos, ou qualquer coisa do género, são muito fixes e calculo que sejam raros, porque nunca vi nenhuns como aqueles) e então fomos a viagem toda a ver os cards e a conversar. Quando chegamos ao Norteshopping, o Citrus e a Porphyra estavam a falar de qualquer coisa entre eles e nós pusemo-nos a queixar de que eles nos ignoravam, eles queixaram-se de que nós e que os tínhamos estado a ignorar a viagem toda e fingiram que estavam chateados connosco :P então eu e o Vício pusemo-nos a simular conversas para tentarmos obter uma reacção da parte deles lol desculpem a falta de modéstia, mas teve muita piada (teve ou não teve, Vício? lol) :D Fomos para a bilheteira dos cinemas, que ainda estava fechada, aproveitamos para ver as horas do filme (íamos ver o “Alexandre”) e fomos para a Fnac – where else? Lol Passado um tempo, o Micks, a Pura e a Timli juntaram-se a nós. Estivemos lá bastante tempo, e quando por fim saímos foi eles deram-me prendinhas ^_^ Adorei as prendas, tiramos mais fotos e fomos a correr comprar os bilhetes para o filme. Tive pena que o Citrus tivesse de ir embora :( Mas fiquei contente por a Timli e a Pura ficarem, ia ser a primeira vez que elas iam ao cinema connosco. Seguiu-se a habitual correria para o almoço. Nas escadas rolantes, e mesmo na altura em que estávamos a relembrar o episódio das “mãos de médico” do Vício, eu olhei para as escadas e vi lá o profe de Histofisiologia lolol nem acreditei na coincidência :D O Vício pareceu ficar um pouco transtornado, e o Micks disse que era muito fixe ver o profe no shopping, era sinal de que tinha uma vida lol eu por acaso acho o mesmo, parece-me sempre que os profes (ou a maioria deles) não têm vida própria, e quando os vejo a passear ou a fazer coisas de gente (que raio de expressão... coisas de gente... que serão eles, cyborgs??) é engraçado lol Pensamos logo num profe que temos, e acho que é opinião unânime que a esse nunca o havemos de encontrar num shopping, aposto que o homem dorme num caixão ou assim e de manhã acorda desejoso de torturar jovens universitários. É indescritível. Enfim, quando chegamos ao cimo das escadas constatamos que tínhamos perdido o profe de vista. Fomos comprar comida, e continuamos a indagar-nos sobre onde teria o profe ido. O Micks disse que ele devia ter ido ao Bocatta, porque o nome tinha tudo a ver com ele lolol Deu tempo para comermos na boa e ainda chegamos à sala a tempo de ver os trailers todos. Por coincidência, o profe de Histofisiologia estava sentado atrás de nós =| lolol Micks e Vício transtornados. Quanto ao filme em si, pode-se dizer que gostei. Teve cenas porreiras, estava bem feito, e apesar de ser comprido não dava seca. Havia um eunuco muito estranho que estava sempre a aparecer lol A primeira vez que ele apareceu foi mesmo esquisito, foi numa altura em que estávamos a ver um hárem, então no ecrã apareciam mulheres, mulheres, mulheres, e de repente aparece assim uma pessoa andrógina lol eu tive de olhar duas vezes para perceber, depois até me ri. Noutra ocasião foi o Micks que pensou que o eunuco era a mulher do Alexandre, numa altura em que ele aparece à porta do quarto do Alexandre, e como está um bocado longe do plano não se vê muito bem... ele estranhou a falta de peito da mulher do Alexandre e aí é que percebeu lol mas realmente dava para confundir, estava longe... Eu ficava sempre confusa com o eunuco, cada vez que ele aparecia na minha mente havia sempre dúvida sobre se ele era o mesmo, se era outro (porque tenho ideia que apareceram mais uns quantos), se era uma mulher – principalmente nos planos mais longínquos... As partes de batalhas eram um bocado confusas, estilo tudo ao molho e fé em deus, mas estavam porreiras. Havia pernas a esvoaçar, membros a serem decepados, pessoas a serem impaladas... Muito sangue... Dava para muitos estremeções do género “esta até a mim me dói”, a Timli só se ria com estas coisas e a Pura disse que o filme estava a ir contra os princípios da Pura com tanta violência lol havia alturas em que nos coeçávamos a rir e pronto. Como quando na primeira batalha, Alexandre vai a cavalgar (no seu cavalo que chega ara aí aos 30 anos, no filme lol), mesmo depressa, o cavalo quase que voa, e depois atrás dele vão outros do exército macedónio também a cavalo, e depois vemos outros que vão atrás dos cavalos a correr lolol mas não estão bem a ver a velocidade a que os homens estavam a correr, lado a lado com cavalos durante sei lá quanto tempo xD Deviam estar numa condição física jeitosa. Como o Micks disse, eles quando chegassem à beira do outro exército, nem conseguiam levantar a espada lolol No fim do filme, ainda conversamos um bocado, mas era altura de se ir para casa. Eu fui com a Porphyra, o Micks foi no seu carro, a Timli e a Pura apanharam o bus e o Vício ainda voltou á Fnac. Recebi mais umas prendas em casa (uma das quais a colecção Ultimate Spider-man lolol I'm such a comic book nerd... achei mesmo fixe uma das minhas prendas aos 20 anos ser uma colecção de revistas de bd hehe), e recebi a visita da Litha, da qual não estava à espera, foi muito fixe ela ter vindo cá mesmo no dia :) Depois jantei com os meus pais e os meus avós e foi assim. Foi um bom dia de anos, mas tipo... 20 anos?? É muita idade. Quase me passei com a minha avó lol ela a dizer-me “Estás uma autêntica senhora, tão crescida, tão responsável, uma senhora, uma senhora!” e eu só pensava “Aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaargh não estou nada, não sou nada, não sou nada, sou pequenina e novinha!!”... Enfim, 20 aninhos... vamos ver se não ganho juízo ;)

Paula Rego ou rego da...? :\

One mega post coming right up! Desculpem lá, mas estes dias merecem estar no meu blog. Portanto respirem fundo e preparem-se para ler os meus dias :P

Quarta-feira! Ora bem, quarta-feira foi um dia bem porreiro. Nós, membros do “Puredo”, já andávamos a combinar passar um dos feriados de Dezembro juntos há algum tempo, e acabou por calhar neste primeiro. Combinamos sair, mas sem sabermos ao certo para onde, por causa do mau tempo. Às 15h a Porphyra chegou a minha casa no seu carro (onde já estava o Micks), no qual eu entrei o mais rapidamente possível. Mal estava lá dentro, recebi um telefonema do Citrus a perguntar onde é que nós andávamos – ele tinha ido para o Norteshopping de manhã fazer compras de Natal, e nós já estávamos meia hora atrasados e ele prestes a desesperar. Eu disse-lhe que devíamos demorar um quarto de hora até lá, tudo indicava para isso. O caminho estava livre, andamos a um ritmo muito bom, demoramos o dito quarto de hora até estarmos a cerca de 500 metros do shopping, onde se nos apresentou uma gigantesca fila de trânsito (maior que os meus posts!). Devíamos ter calculado que num feriado chuvoso e próximo do Natal, as gentes se iriam enfiar no shopping, mas também não estava à espera de uma coisa assim :| Estava mesmo mau lol O Micks foi-se divertindo porque descobriu a sua veia de fotógrafo, e ia a tirar fotos a tudo e mais alguma coisa – incluindo o parque de estacionamento da Moviflor! Como estávamos sempre na conversa e na galhofa, os 45 minutos até que passaram depressa, o pobre do Citrus é que já raiava o desespero quando finalmente o conseguimos ir buscar. Eram 16h e o pobre estava lá desde as 11h lol O shopping, segundo ele, estava impossível, com montes e montes de gente, as coisas na Fnac todas esgotadas, um inferno :P A próxima paragem era a casa do Vício; demoramos mais não sei quanto tempo por causa do trânsito à saída do maldito shopping, mas o importante é que chegamos. O Vício juntou-se a nós, finalmente, e chegou a altura de decidirmos o que íamos fazer. Estava mau tempo, o que nos deixava poucas hipóteses, e o Citrus – com muita razão – recusava-se a pôr os pés em mais algum shopping. Deliberamos um pouco e decidimos ir a Serralves, era uma pena o tempo estar ranhoso porque isso impedia-nos de passear pelos jardins, mas ao menos íamos cultivar-nos na exposição. As viagens de carro foram muito divertidas =D Cada vez que a Porphyra enveredava por estradas de paralelos, eu, o Vício e o Citrus começávamos a saltar no banco de trás feitos doidos, qual Linda Blair n’”O Exorcista” xD Também me escangalhei a rir com a imitação que o Vício fez da Maximiliana. Melhor que essa só a do Michael Jackson – não Vício, eu não me esqueci! :D lol Foi complicado arranjarmos lugar, acabamos por conseguir um não muito perto da entrada (o Micks até se queixou de que já tínhamos dado a volta ao edifício todo e continuávamos sem ver a porta). Na bilheteira, fomos atendidos por um raio de um homemzinho que falava para dentro. Nós não conseguíamos perceber que caraças é que ele estava a dizer, tínhamos de lhe pedir para repetir para aí 3 vezes cada frase :P Ela não parecia muito convencido de que fôssemos estudantes universitários e observou atentamente as fotografias dos nossos cartões. Finalmente, deu-nos os bilhetes e lá fomos nós. Deixamos os casacos no roupeiro e fomos para a exposição (não sem antes o Micks voltar atrás porque se lembrou que tinha deixado o bilhete no casaco :D). A primeira ezposição foi a da Paula Rego. A pobre da senhora tem um nome que dá muito azo a trocadilhos maliciososo, e aposto que nós os fizemos todos lolol Só se falava em ir ao rego e coisas do género. Os quadros eram bastante fortes, e muitos deles eram mesmo muito estranhos. A senhora deve ter uma panca mais ou menos :\ Mas também, que artista não a tem? Como diz o Citrus, é só olhar para mim lol Eu, ele e o Micks tentávamos a muito custo descortinar o significado de alguns dos mais estranhos, mas acho que não conseguimos muito bem. Quero dizer, mulheres a ter relações com pássaros? Weird, plain weird. Gostei de alguns dos quadros, e na generalidade do uso das cores... também da técnica usada... os quadros pareciam quase fotografias... mas não fiquei grande fã do resultado. Just not my kind of art. Depois passamos para outra sala, a exposição aí era de postais com ondas do mar a bater na costa =\ mas aos molhos, mesmo! O Vício perguntou “Vocês digam-me lá, isto agora é arte?!” lol e é uma boa pergunta... já era a 2ª vez que ele ia lá, portanto já tinha visto os postais. Eu dei uma voltinha rápida por ali, alguns postais até eram giros, mas depois de ver os primeiros 50 já não dava de ver mais nenhumas ondas, tanta agitação no mar acabava por enjoar lol O Micks só dizia “Não te rias, isto é arte, se vem aí algum crítico e te vê parece mal!” e é óbvio que isto me dava vontade de rir, então vá de nos rirmos (não histericamente, óbvio, eu ainda me sei comportar num museu :P). Depois fomos os 5 ver a parte que, para mim, foi mais gira da exposição: uma escultura sonora :) Entramos numa sala escura, com uma luz azul ténue, que tinha pendurados do tecto uma série de fones. Em cada um podíamos ouvir relatos de visões de OVNIs e acontecimentos estranhos, num fones em espanhol, noutros em inglês, noutros em francês, brasileiro, russo, grego, japonês, (hihihi!), enfim, muito giro mesmo. Demos um salto até ao bar do auditório para lancharmos, só que ao chegarmos lá mudamos de ideias e decidimos ir lanchar à Porto Doce, na Foz. Subimos as escadas outra vez, fomos buscar os casacos e saímos, apenas para nos depararmos com uma chuva bastante torrencial. Só eu é que tinha guarda-chuva, por isso emprestei o meu casaco à Porphyra (o meu casaco tem carapuço :P) e ela foi com o Citrus, que também tinha carapuço. Eu fui com o Micks no meu guarda-chuva e o Vício pediu as chaves do carro à Porphyra porque tinha o guarda-chuva dele lá e deitou a correr pela rua fora. Eu e o Micks acabamos por ficar molhados na mesma, ora era a tentar não pisar a lama, ora a evitar as pingas de água traiçoeiras, ainda maiores que as da chuva, que caíam das árvores, andávamos sempre com o guarda-chuva de um lado para o outro e não nos abrigávamos em condições. Chegamos ao carro (o Vício apareceu a uns metros do carro de guarda-chuva em punho), enfiamo-nos todos lá dentro, molhadinhos, eu atirei o meu casaco lastimoso para cima do Citrus, mas ele foi muito cavalheiro e levou-mo ;) Eu, ele e o Vício regressamos ao ritual de saltar e pinchar que nem loucos quando entrávamos nas estradas de paralelo lol a Porphyra meteu-nos por umas estradas um pouco duvidosas, e já estávamos a imaginar-nos a ser assaltados por bandos furiosos de gunas... Aí o Vício fez a sua imitação de um guna lol O Vício é, na verdade, um guna, mas à nossa frente tenta disfarçar a sua verdadeira identidade :) A imitação foi “abstamente” hilariante lol. Apesar de nos metermos em tantas quelhas, conseguimos chegar à Avenida da Boavista, e o Vício começou a ficar com vontade de abrir as janelas e insultar alguém xD Começamos a ficar um pouco loucos, eu e o Citrus até começamos a perguntar “Vamos para a Queima? Vamos para a Queima??” de uma maneira um pouco obsessiva, e riamo-nos imenso :D Para quem não sabe, o Queimódromo é bem perto da Avenida da Boavista, e apesar de ainda faltarem uns meses para a Queima, nós já estamos no espírito. Quando estávamos mesmo a chegar à Porto Doce, decidimos, em vez de ir lá lanchar, irmos jantar ao Capa Negra II. O único problema era que ainda eram 18h, mas o Vício disse logo para irmos para casa dele até à hora de jantar, e depois íamos para o restaurante. Viramos então o carro em direcção a casa do Vício. Subimos a Avenida da Boavista outra vez, e avontade do Vício de insultar alguém cresceu. Ele pediu-nos sugestões de insultos para o Santana Lopes, e o Citrus lembrou-se de “coirato”. Então o Vício abriu a janela e berrou “Santana Lopes, és um coirato!!!” (berro esse que só foi bem sucedido à segunda, porque à primeira os risos impediram um berro como deve ser). Depois desta frase, ele berrou ainda outra, bem mais acutilante: “... e um filho da truta!!”, sendo que truta não é truta mas sim... bem, vocês já estão a ver l ol foi o delírio naquele carro, ficamos perdidos de riso :D Rimo-nos quase até chegarmos ao Botânico lol Chegamos a casa do Vício, onde deparamos com um lanche muito bem abastecido, e por lá ficamos, a comer, a ver o Sol Música (lol) e às 19h o Dragon Ball Z x) Antes do Dragon Ball ainda vimos o final do Lum, e eu e o Micks concordamos em como a música do genérico final, com uma letra azeiteira portuguesa, dava uma música pimba excelente. Aquela melodia é mesmo pimba. Durante o Dragon Ball estivemos sempre a conversar sobre os vilões, a gozar com a voz do Freezer, a comentar várias situações da série, foi muito giro (mas acho que assustamos ligeiramente a Porphyra, ela já olhava para nós como se fôssemos extraterrestres lol). O Vício foi desencantar as cadernetas dele do Dragon Ball, a se cromos e a de cards, que me trouxe tantas recordações! Andava eu no 7º ano, orgulhosa com a minha caderntea de cards preenchida na mochila, e um estúpido de um gordo arruaceiro da minha turma roubou-ma >=( Eu não o vi, mas aposto que foi ele. Andava sempre a pegar comigo, o raio do gajo... NÃO LHE PERDOEI TER-ME GAMADO A MINHA PRECIOSA CADERNETA!! O Vício viu-me tão emocionada com a caderneta que chegou a temer que eu aparecesse lá à noite, trepasse pelo prédio acima e entrasse à socapa em casa dele, usando as minhas capacidades de stealth (lol) e lhe roubasse a dele. Depois vimos um bocado de um documentário no História, sobre Napoleão e no fim disso decidimos ir jantar. Estávamos um bocado cheios com tudo o que tínhamos comido ao lanche, mas já estava decidido irmos ao Capa Negra II, and we had our minds set on... francesinhas!! Lol Enquanto íamos e não íamos buscar os casacos, a TV mudou-se para a TVI e estava a dar os Morangos com Açúcar lolol ainda vimos para aí uns 5 minutos e rebolamo-nos a rir. Eu quase tinha um ataque de histeria por causa dos diálogos, e sempre que aparecia uma daquelas musiquinhas parvas (era uma que a letra era qualquer coisa como “Estás tão perto, tão distante, estás não sei quê não sei que mais” whatever também não interessa, só interessa que era parva, e eu, o Micks, o Citrus e a Porphyra desatávamos a dançar estupidamente, o que chocou bastante o Vício quando ele voltou à sala. Lá fomos para o restaurante, eu, a Porphyra e o Micks fizemos alto filme a imaginar o Vício a insultar transeuntes e a atirar-lhes com bocados de cabrito (que tinha sido o almoço do Micks) xD Comemos então as francesinhas, e devo dizer que no final estava a rebentar pelas costuras. Mal conseguia pensar em mexer-me, quanto mais mexer-me mesmo. Ficamos algum tempo a digerir no lugar, mas decidimos ir embora pouco depois, andar um bocadinho e apanhar a frescura da noite (as francesinhas fazem muito calor). Não sei se seria da cerveja no molho mas eu e o Citrus ficamos doidos. Andávamos aos pulinhos pela rua e na risota, enfim, ele bem diz que eu fico sempre muito mais divertida à noite lol íamos foi morrendo de riso quando o Vício deu cao do guarda-chuva e a parte de cima foi projectada para aí uns 5 metros xD Ficamos não sei quanto tempo dobrados de riso. O Micks arranjou mais ou menos o guarda-chuva e continuamos a andar até ao carro da Porphyra, sempre com uns certos acessos de riso e cantoria :) Despedimo-nos do Vício e encafuamo-nos no carro, a primeira paragem foi para deixar o Citrus em casa. Continuamos até à terrinha, eu, a Porphyra e o Micks, sempre a fazer altos filmes sobre os insultos do Vício aos transeuntes e a desmancharmo-nos de riso lol foi mesmo um dia bery good e lots of fun :)

To be continued! Não percam o próximo post porque nós também não :P

Tuesday, November 30, 2004

"Nonsensical? Yet you envy me! You wish to wipe my ass!!! Hermaphroditic monkeys, you speak with fools tongues!!"

lol Não se assustem com o título, é uma quote da BD Happy Noodle Boy, incluída na BD "Johnny the homicidal maniac", um belo livro que comprei hoje ^_^ Estou tão entusiasmada com ele! But first, let's talk about yesterday. Se há coisa que toda a gente sabe é que as segundas feiras são uma bosta. O Garfield sabe, eu sei, e portanto posso inferir que toda a gente sabe. Ter de levantar cedo depois de um fim de semana de boémia (ou simplesmente de preguiça), aturar os profes o dia todo, chegar a casa tarde e a más horas... mau humor... Um chorrilho de porcarias. Mas, surprisingly enough, esta segunda feira foi muito boa :) De manhã acordei a sentir-me meia doente (eu e as minhas alergias) e estive vai não vai para não ir às aulas. Acabei por ir, meti Nightwish no discman e estava prontinha para enfrentar o dia. Cheguei ao botânico uns minutinhos antes da hora da aula e encontrei-me com o Citrus à entrada, e prontamente nos dirigimos para o bar onde estavam o Micks e a Porphyra. Não ficamos no bar muito tempo porque começava a ficar em cima da hora da aula, apenas tivemos tempo para nos horrorizarmos com o genérico do “Você na TV!”, que estava a começar. Eu quase dei o meu dia como perdido, porque ver o Manuel Luís Goucha a pavonear-se pelo ecrã e a cantar esganiçadamente aquele que é um dos piores genéricos que já feriram os meus ouvidos, durante para aí 10 minutos (se não foram pareceram, caraças da música nunca mais acabava!), às 10 da manhã –ou seja, quase de madrugada – arruina os bons espíritos de qualquer pessoa. Na anfiteatro encontramos o Vício e a Timli que, como pessoas responsáveis e dedicadas, tinham ido à aula anterior. Sentamo-nos um bocado para trás, e a nós juntou-se logo a Pura, e o terror da aula começou. Para aí há 3 aulas que eu não consigo aturar a matéria daquela cadeira. Eu até gostei quando falamos da cólera, gostei quando falamos da peste, gostei quando falamos do carbúnculo e da febre dos legionários. NÃO GOSTO QUANDO ME FALAM DE MALDITOS CATIÕES METÁLICOS >=( bah, parece que a maldita aula nunca mais acaba. Seca brutal :P Enfim, finalmente a tortura acabou e era altura de irmos para os Leões. O Micks tinha levado o seu bólide novo e estávamos todos com intenções de dar a voltinha inaugural, só que estávamos sete e não ia dar para irmos todos no carro. Bem, dar dava, mas a Pura revoltou-se e disse que não ia ao colo de ninguém, e o Vício também reclamou que já andava farto de ter de levar sempre ao colo e portanto tivemos de chegar a um acordo. A Timli não foi porque ainda tinha de tratar de uns assuntos antes do almoço, e a Pura também não foi porque continuava a não querer ir ao colo de ninguém. Portanto eu, o Citrus, a Porphyra, o Vício e o Micks dirigimo-nos para o carro. Eu e o Citrus íamos a olhar para o chão com muito cuidado, porque a rua por onde íamos estava pejada de poios de cão e era muito traiçoeiro andar, e como é óbvio nenhum de nós queria conspurcar o carro novo do Micks com as sapatilhas sujos de bosta. Lá chegamos ao carro, munto munito que é :), a Porphyra tirou uma foto ao Micks a abrir a porta do carro, pusemos as mochilas na mala e pusemo-nos a andar. Eu, o Citrus e o Vício fomos atrás, o que quer dizer que eu não pude fazer o meu papel de DJ a escolher a estação de rádio... a Porphyra tentou perturbar-me com a música do Nelly e da Christina Aguilera, mas eu não respondi à provocação lol A viagem foi curta mas soube a pouco, por isso quando o Micks estacionou o carro no parque, nós recusamo-nos a sair do carro ^_^ Estava-se lá tão bem hihihi Claro que connosco a sanidade nunca dura muito, por isso de repente, sem eu saber como, eu e o Citrus andávamos a rebolar pelo banco traseiro do carro, a tentarmos fazer nem sei bem o quê (não lhe quero chamar “simulacro de cópula” lol soa muito mal), enquanto a Porphyra e o Micks se riam a bom rir, o Vício nem tanto porque estava a levar com o nosso peso em cima e estava quase a ser projectado porta fora lol Eu tive de tirar as sapatilhas, para não sujar o carro do Micks, uma vez que já andava com as pernas no ar por tudo quanto é lado... Tivemos de refrear a maluquice que para lá ia quando um carro estacionou num lugar próximo... como se já não fosse suficientemente estranho estarem 5 mânfios dentro de um carro, 2 andavam em exercícios de contorcionismo no banco de trás... se eles nos vissem, a vida deles nunca mais ia ser a mesma. Por isso sossegamos por um bocadinho, e rezamos para que não houvesse nenhuma câmara ou guarda nas proximidades lolol foi muito cómico. A Porphyra tirou umas fotos, e quando paramos com aquilo reparamos que estava imenso calor dentro do carro. O Vício abriu a porta e depois acabou mesmo por sair, eu saí a seguir e depois toda a gente começou a sair e acabou a odisseia no carro. Encaminhamo-nos para a saída do parque e encontramo-nos com a Pura, que estava a entrar e prestes a ir ter connosco. Fomos para a zona dos restaurantes, e decidimos experimentar um novo, que já nem sei como se chamava, só sei que não era a Maison nem o Restaurante Pedonal (nomes postos por nós lol). A Timli chegou, entramos, levaram-nos por uma espécie de passagem secreta para o andar de cima e instalamo-nos lá. O ambiente era porreiro, sem a barulheira da Maison e a sala em si era engraçada, com vigas de madeira no tecto e paredes com pedra. Tiramos mais umas fotos (tantas fotos tiramos neste dia xD o Vício ficou numa com um estilo de James Bond... lol eu tinha de falar nisto :D) e discutimos assuntos como a passagem de ano e a hierarquia da Pura. O Micks revoltou-se porque não quer ser padre, eu disse que ser padre até è porreiro porque assim ele pode ouvir todas as sórdidas confissões das pessoas *muahuahuaha* e ele acabou por concordar, e disse que também era fixe porque assim também podia dizer as cenas estilo “bebe o meu sangue” lolol partimo-nos todos a rir, foi prontamente corrigida a frase, que não é “bebe o meu sangue”, mas sim “este é o meu sangue, tomai e bebei” ou algo do género. Eu disse que o Micks devia ser um padre vampiro (conceito porreiro), aí enveredamos por uma discussão sobre se os vampiros bebiam o sangue uns aos outros ou não, e chegamos a uma conclusão unânime: sim, os vampiros bebem sangue uns dos outros, mas só em casos de risco de vida. Eu também passei a ser a bispa vampira xD Vampires are so cool. Como se a conversa de sangue não fosse suficiente, eu e o Micks íamos comer rojões, que vinham com sangueeeeeee :P eu por acaso não gosto do sangue, por isso disse ao Citrus “se quiseres, come o meu sangue!” e toda a gente se começou a rir de novo. Ainda tivemos direito a fígado (blergh), que foi prontamente comido pelo Citrus e a Timli. Eu provei um bocado do fígado para testar o meu ódio àquela porcaria. Detesto mesmo fígado :P O Micks também ia provar, mas cheirou o fígado e desistiu logo. O almoço foi muito engraçado, o Citrus esteve rico em frases típicas suas e estivemos sempre na galhofada. Uma das mais engraçadas foi do Vício, estávamos a falar da passegem de ano chez moi e sai-se o Vício com um “Mas em que dia é??” loool escangalhamo-nos todos a rir xD A Pura só pedia para falarmos mais baixo quando estávamos a discutir os acontecimentos do carro, porque estavam pessoas atrás de nós, e podiam pensar que estávamos a falar a sério lol Já estou a ver se estava lá algum jornalista da TVI a abertura do Jornal Nacional ia ser algo como “Chocante: jovens universitários portuenses percorrem a cidade, estacionam o carro em parques e têm relações no banco de trás enquanto os amigos vêm e se riem e traficam cocaína aos transeuntes e cobram entradas para o espectáculo enquanto espancam velhinhas e roubam carteiras a crianças da escola primária”. Whatever lol Saímos do restaurante, tivemos mais uma orgia fotográfica em frente à fonte dos Leões, fomos aos computadores ver os nossos blogzitos e criar um novo para nós todos, vimos muitos templates e depois fomos para a aula. A partir daqui o dia já foi um normal, esta aula e a seguir uma prática de Microbiologia Ambiental (que ainda bem que foi a profe que deu, senão não ia ter pachorra :P) e estava pronta para ir para casa. Encontrei o rigormortis perto da estação, prestes a ir apanhar o comboio, confirmamos mais uma vez a passagem de ano (o rigormortis também está bastante entusiasmado hihihi) e depois apanhei o bus para casa.
Hoje o dia já não foi tão excitante, pelo menos a tarde não, a manhã foi porreiraça. Fui para a Fnac, como já tinha combinado com o resto do pessoal no dia anterior, e vagueei um pouco por lá enquanto eles não chegavam. Na verdade, vagueei muito pouco, porque na secção de BD apareceu-me à frente um livro muito interessante e eu sentei-me logo a lê-lo e mal dei pela passagem do tempo. Era uma BD chamada “Lovecraft”.

e abordava a história desse grande mestre da literatura de horror, H.P. Lovecraft, tanto de uma forma biográfica mas também assumindo que as criaturas e as situações que Lovecraft descrevia na sua escrita eram reais e habitavam o seu mundo, acelerando a sua descida até à loucura. Está muito bem feita, e fiquei mesmo colada a ler – até porque sou fã de Lovecraft hihihi Entretanto, ouvi as vozes da Porphyra e do Vício algures por ali perto, portanto pousei o livro e fui ter com eles. Rapidamente se nos juntaram o Citrus, a Timli, a Pura e a CTPElsa e aí sim, deambulei pelo meio dos livros com eles. A Porphyra fez umas quantas compras e informou-me que “A Viagem de Chihiro” estava a 12€, e era edição especial. Quase salivei com a informação, mas decidi aguardar até ter mais dinheiro pra gastar, tal como o Vício. 12€ é um preço mesmo bom q não queria deixar escapar a oportunidade, mas acabei por não comprar. Quando a Porphyra foi pagar as suas compras, e o Citrus foi com ela até ao andar de cima, eu informei a TPVJelsa das combinações da passagem de ano. Ela estava com a mão em cima de um livro grande, um livro que tinha um homenzinho um bocado viscoso na capa, e enquanto estávamos casualmente na conversa, ela decidiu abrir o livro. Nada me podia ter preparado para o que vi lolol Eu nem consigo descrever. Aliás, tenho o dever moral de não o fazer – sei lá se há criancinhas a lerem o meu blog. Só posso dizer que era alguma coisa de pornográfico lol uma daquelas imagens que se queimam na retina e depois recusam a sair. A TPVJelsa viu-me com um ar tão aparvalhado que fechou o livro sem ter visto o que estava lá dentro, mas nisto vai a Pura, também atraída pela minha cara (devo ter feito uma expressão facial fantástica lol), e volta a abrir o livro, e calha exactamente na mesma página de antes lol aí vimos todos: eu, a Pura, a Timli, o Vício e a TPVJelsa. O mínimo que posso dizer é que ficamos boquiabertos perante aquilo e depois não houve outro assunto de conversa até chegarmos á praça de alimentação do via catarina. Foi uma coisa assim mesmo... a modos de dizer, nova. Ainda nos rimos molhos à custa daquilo x) Almoçamos na Pizza Hut, paralisados de horror pela banda sonora (música sim, música não que dava era do Ricky Martin... oh, the pain!!), mas sempre com boa onda. A CVPTPJelsa entornou um copo de coca-cola em cima do Citrus lol foi o único incidente do almoço. Tiramos mais umas fotos (isto agora é só fotos... lindo hehehe), mas o Vício já sugeriu mudarmos para uma máquina de filmar, por causa de assim conseguirmos filmar belos momentos de degredo como quando eu, o Citrus e a Porphyra nos pusemos a dançar Ricky Martin (sim, eu estava com febres altíssimas lol). Fomos para a paragem do autocarro, e o estupor fez o favor de demorar séculos a chegar. Resultado: eu e a Pura, que tínhamos de ir para o botânico, chegamos atrasadas às nossas aulas das 14h. Ela ainda foi à aula, mas eu desisti – afinal, já eram 14h30 e a aula era só até às 15h30, já não tinha lata para entrar. Encontrei cá fora o Unlimited e trocamos uns animes – eu levei-lhe uns episódios de Hellsing e ele levou-me Haibane Renmei. Depois fui fazer tempo para a Fnac outra vez, uma vez que só ia ter aulas às 16h30 e não estava com vontade de ir para os computadores até lá. Fui terminar de ler a BD “Lovecraft”, gostei muito, e depois enquanto andava a vasculhar as prateleiras de bd deparei-me com isto:

“Johnny the homicidal maniac – director’s cut”!!! Não resisti. Apesar do preço ser insultuoso de tão alto, o medo de nunca mais vir a encontrar o livro foi maior, e portanto lá foi uma massinha considerável para esta preciosidade. Eu e o humor negro, o humor negro e eu... lol senti-me mal por ter gasto o dinheiro, mas ao menos foi bem gasto e estou muito satisfeita com o meu livrinho ^_^ Depois disso, fui para aula, descobri que a maior parte do pessoal já tinha ido à aula das 14h e ficamos só sete para a minha. A aula até foi porreira, o profe é milhares de vezes melhor que a profe... Depois de muita chuva e trânsito, cheguei a casa, jantei e agora aqui estou eu lol acabei de receber um telefonema muito entusiasmado da Litha... para dizer a verdade, nem percebi quase nada do que ela disse porque ela falou tão depressa lolol só percebi que ela estava na Fnac de Sta. Catarina e estava toda excitada porque estavam lá os gajos do Gato Fedorento (somos grandes fãs lol). Eu já sabia que eles iam lá hoje dar um espectáculo, às 00h30, mas não pensava em ir para lá a essa hora, por isso... ela é que foi ver um bailado ao Coliseu e devia estar lá a fazer horas. Pode ser que tenha um autógrafo deles hihihi
And now, some more Johnny:

xD

Sunday, November 28, 2004

Warning: this is a big post!

Já há duas semanas que eu e o gang não vamos ao cinema à sexta à noite... Esta porcaria de se começarem a aproximar os exame lixa-me sempre o esquema todo. Ao menos na secundária não havia nada a impedir-nos de exercer este divino hábito todas as semanas lol agora há sempre qualquer porcaria para estudar. Mas como mais importante que ir ao cinema é estarmos juntos, temos sempre planos para nos encontrarmos. Esta semana foi planeado jantar em casa da M&Ms, sublinhando a palavra “jantar”, só jantar lol para especificar que não era para ficarmos lá a dormir porque a vida anda complicada para aquelas bandas e quando vamos jantar a casa uns dos outros acabamos sempre por ficar para lá a dormir ou então vimo-nos embora a horas indecentes :P Fui almoçar a casa da minha avó e às 16h cheguei estava em frente a Psicologia para ir ter com a Litha e o rigormortis (que chegou lá antes de mim). Encontramo-nos e, como sempre nos últimos tempos, a Litha estava um bocado eléctrica (e não no bom sentido). Estava ao telemóvel a discutir qualquer coisa com a mãe, enquanto ao mesmo tempo nos fazia gestos para andarmos mais depressa, e tentava explicar por mímica que estava com muita pressa. Eu e o rigormortis limitamo-nos a entreolhar-nos com uma cara tipo “I wonder what she’s up to now”, porque já sabemos que metade das vezes em que aquela rapariga tem pressa ou está preocupada com alguma coisa, é por coisas que nem sequer valem a pena. Quando ela desligou, descobrimos que a razão por estarmos praticamente a voar pelo passeio fora era que ela tinha de ir ao IPJ buscar um livro qualquer para um trabalho de grupo o_O Não me parece que o maldito IPJ fosse fechar de repente às 16h da tarde, e além do mais porquê, porque é que é sempre ela a fazer estas porcarias?? Trabalho de grupo, certo? Podia ir outro qualquer buscar o maldito livro. Mas naaaaao, ela oferece-se sempre para estas porcarias quando está connosco :P Voamos pela rua do Campo Alegre fora quando podíamos perfeitamente ter apanhado um maldito autocarro e andar pelo menos 3 paragens... Ela estava possuída, quase se atirava para o meio da rua a atravessar com os vermelhos todos, se não fosse eu e o rigormortis prendê-la e a forçarmos a atravessar na passadeira... Enfim. Quando chegamos ao IPJ eu devia ter menos uns 10 anos de vida, eu que até estava à espera de uns momentos relaxantes estava mais eléctrica que a Litha lol quase dava choque ao tocar nas coisas, que stress :P Enfim, ela lá trouxe o maldito livro (que não sei porque é que não está na deficiente da biblioteca da faculdade dela) e a partir daí a coisa abrandou um bocadinho. Ela ainda arranjou tempo para ajudar um velhinho a atravessar a passadeira, e depois recomeçou a voar para a boavista, que era onde íamos apanhar o autocarro. Chegamos lá e o bus estava lá, mas ainda demorou uns bons 20 minutos para partir. Enfim, como ela não podia fazer nada para acelerar o autocarro, estes foram 20 minutos relaxantes. Estivemos na conversa e a fazer palhaçadas, como sempre :) A Litha voltou a querer convencer o rigormortis a ir para o ballet lolol o pobre do rapaz já está traumatizado com esta conversa, já faltou mais para desenvolver um tique nervoso de cada vez que ouve a palavra “ballet”. É azar dele ser o gaijo do grupo lol porque é nele que a Litha pega sempre que quer treinar o seu pas de deux lolol eu e a M&Ms limitamo-nos a ver e a rir. Muito. E ocasionalmente a preocuparmo-nos com a integridade física deles :P Também discutimos sobre a roupa da Litha, que estava vestida de maneira normal – o que não é normal. O rigormortis perguntou o que é que havia de normal numas calças de ganga rasgadas e eu disse que ao menos eram calças de ganga e não calças hippies esquisitas, que desafiam qualquer tentativa de descrição e portanto nem vou tentar lol Ela até estava com um chapéu que ela tem, muito antigo, e do qual todos gostávamos imenso e que ela deixou de usar quando descobriu a moda hippie :P Portanto estava mesmo normal. Eu farto-me de gozar com a roupa que ela usa, mas é mesmo só na brincadeira, até acho mesmo fixe que ela se vista de maneira diferente... é como eu digo, é preciso originalidade e diferença, e por isso gosto muito de como ela se veste: it’s a way of taking a stand. Das calças de ganga da Litha passamos para as calças do rigormortis, que é doido e só compra calças ao preço de ouro, como se não houvesse lojas no mundo com preços normais. Ele é doido, mesmo, é capaz de dar um dinheirão por um par de calças... e eu e a Litha fartamo-nos de gozar com ele porque compramos calças para aí 15 vezes mais baratas. O rigormortis rejeita o gozo da Litha porque diz que as calças dela não são calças, mas sim pedaços de pano rascas vendidos em segunda mão e que por isso é que são tão baratas, mas a mim ele não sabe o que me há-de dizer xD Depois de muita conversa, entramos no autocarro e continuou ainda mais conversa. A Litha deu-nos um raspanete porque tínhamos comprado a prenda para um amigo nosso que fez anos sem lhe dizermos nada, e ela ficou mal o outro dia porque encontrou esse rapaz no autocarro e disse-lhe “Então, já fizeste anos?” e ele já tinha feito anos e disse-lhe “Litha, tu até já me deste prenda...” lolol acho que ela se fez de todas as cores lol do meu ponto de vista, nós até lhe fizemos um favor ao comprarmos a prenda, contarmos com ela para a prenda, e termos feito isso tudo sem gastarmos o precioso tempo dela! O mínimo que ela podia fazer era lembrar-se do dia de anos do rapaz lol Depois, já nem sei como, voltou à baila o assunto da biblía de satanás. Ela não se esquece de uma coisa, pá :P Voltou a dizer que não devíamos sequer pensar em fazer uma coisa dessas, quero dizer, dar vídeos pornográficos às pessoas tudo bem, agora uma inocente bíblia de satanás já é alto problema lol Estava uma senhora sentada ao pé de nós que ia sempre com a máxima atenção ás nossas conversas xD Ela deve ter-nos achado piada, porque mesmo com certas conversas que tivemos ela não olhou para nós com caras de desaprovação nem fez aquele ar de “Ai a juventude de hoje em dia, que desgraça!”. A certa altura, eu estava-lhes a mostrar uma cicatriz que tenho no indicador direito, fruto de um violento ataque de um feroz hamster, quando a Litha me agarrou na mão e se pôs a obsevar o meu dedo – que é um bocado torto lol Ela acha sempre imensa piada àquilo. “Hey Nakamura, o teu dedo é torto...” e ri-se, mas passado um bocado diz que é o dedo mais lindo que já viu porque é um dedo de artista lol O rigormortis começou a gozar e ela, sempre a agarrar o meu dedo, vira-se para ele e diz “Quem te dera que os teus dedos fizessem o que este faz!!” O_O lolol nós partimo-nos a rir xD Chegamos à terrinha, caminhamos até ao carro do rigormortis e fomos para casa da M&Ms. Já eram umas 18h, já devíamos estar em casa dela, mas graças à odisseia do IPJ e ao incompetente do autocarro que apanhamos, estávamos atrasados. Felizmente, o rigormortis, ou “relâmpago do asfalto” – que é como ele gosta que lhe chamem quando está a guiar :P – pôs-nos lá num instante. Abrimos o portão de casa da M&Ms e entramos todos lá para dentro, quando reparamos que a avó dela estava cá fora e a olhar para nós, obviamente sem nos reconhecer porque estava escuro, e ficou a olhar para nós uma data de tempo. Ela estava mais ou menos longe, e nós em vez de irmos lá dizer alguma coisa ficamos que nem parvos quietos no lugar lol com esperanças de que, tipo T-Rex, se nós não nos mexêssemos ela não nos visse e se fosse embora xD A pobre da senhora ainda pensava que estávamos a assaltar a casa, ou assim... começamos todos a sacar dos telemóveis para mandar toques à M&Ms para ela nos vir abrir a porta, mas não sei como ela apareceu nesse momento e mandou-nos entrar. Fomos cumprimentar a avó dela, e depois entramos. Eu e o rigormortis espalhamo-nos logo pelos sofás fora, a M&Ms foi para a mesa da sala, que mal se via debaixo da quantidade de papelada e livros que tinha em cima, e a Litha pousou a mochila e juntou-se à estudiosa M&Ms a fazer qualquer coisa. Não durou 10 segundos que a M&Ms se levantasse e começasse a oferecer lanche a toda a gente. A Litha já tinha comido, mas eu por acaso até estava com fome e fui com a M&Ms para a cozinha. Claro que lhe pedi logo Paiva (que para quem não sabe, é queijo, e não paiva paiva lolol), e quando a Litha me ouviu dizer “Arranja-me aí Paiva” quase irrompeu pela cozinha dentro a flamejar dos olhos e a perguntar que raio é que eu estava a pedir à M&Ms. Eu descansei-a dizendo que me referia a paiva = queijo, e ela voltou para o seu lugar. Comi pão com paiva (lol) e voltei para a sala. Depois a M&Ms foi-nos enfiar biscoitos pela boca abaixo. Era claro que ela não estava com muita vontade de estudar lol Juntou-se a mim e ao rigormortis no zapping, estivemos a ver sempre os canais de música e a gozar com as músicas azeiteiras, ou então a cantar aquelas de que gostávamos (muito me admiro por não ter danos na audição lol cada uma de nós canta pior que a outra xD é óbvio que o rigormortis não canta :\) até à hora em que a Litha quis fazer algo inominável. Ela quis ver a New Wave. Eu tenho um ódio muito especial a telenovelas, e portanto ofende-me muito quando ela quer ver este lixo televisivo. Eu não suporto! Aliás, nem eu, nem o rigormortis, nem a M&Ms, mas gostamos tanto daquela gaija que fazemos um enorme sacrifício e a deixamos ver esta porcaria. Claro que eu ia desfalecendo de horror durante o episódio, e tive mesmo de pôr uma almofada em cima da cara para pelo menos não ter de olhar para a televisão :\ quase adormeci. A minha sorte é que aquela porcaria tem uns episódios pikenos e portanto os danos feitos não foram permanentes. A partir daqui, não sei porquê, (ou melhor, até sei, mas não vou explicar aqui porquê) comecei a sentir-me esquisita e triste e já não consegui fazer nem dizer mais nada de jeito durante um tempo. A Litha tentou-me animar, mas ela não sabia porque é que eu estava assim e meteu-se-lhe na cabeça que eu estava assim por causa da novela, e que estava era no gozo com ela lol depois começou foi a gozar-me por cima, that evil little... :P Jantamos a ver “mad about you”, depois continuamos a fazer zapping e a gozar com tudo o que dava na TV, até às 22h, que foi quando o pai da Litha a foi buscar :( mesmo numa altura em que se estava a ficar mesmo bem. Ela até resmungou “Bolas, ele nunca é pontual, tinha de ser hoje” lol a mana anda necessitada de descanso,e por isso tem de ir cedinho para a cama. Bom, mas eu, o rigormortis e a M&Ms ficamos por lá. Estivemos a ver o Dismissed e o The Real World na MTV, e rimo-nos do princípio ao fim. Para quem nunca viu, aquilo são pérolas. Aparece lá cada deficiente, é mesmo inacreditável. Eu e a M&Ms desmanchamo-nos a rir de um gajo que apareceu no Dismissed que a única conversa que tinha com as raparigas era para lhes perguntar a cor da roupa interior! Lol era mesmo obcecado... Enfim, rimo-nos à brava com aquilo. Pena a Litha ter tido de bazar. Continuamos na conversa e a ver televisão, risota, conversa, e quando começamos a bocejar e a olhar para os relógios vimos que já passava bem da uma da manhã lol a M&Ms queixou-se de que não andava a dormir mais de 3 horas por noite, e eu e o rigormortis decidimos que era melhor irmos embora, senão ainda acabávamos mesmo por ficar lá e depois a rapariga voltava a não dormir nada.
Ontem não fiz nada de especial, passei umas aulas, estudei um pouco, fui até ao shopping tomar café... acabei por comprar a minha prenda de anos (ou melhor, foi a minha mãe que comprou), e agora lá está ela no quarto dos meus pais, embrulhada e tudo, como se eu ainda não soubesse o que era lol Aaaaaaaaaargh I’m getting older by the minute :\ Liguei á Litha para ver se hoje podia passar por casa dela para conversarmos, mas ela está à rasca com trabalhos para fazer, e como ela é toda nervosa em relação à escola eu não insisti em ir lá, encontramo-nos no próximo weekend e falamos aí. Á noite fui ao jantar de aniversário de um aluno do meu pai da natação. Não foi daqueles jantares seca, até já conhecia algumas das pessoas, e não são totalmente cotas lol a maior parte da gente que lá estava andava por volta dos 30 anos e portanto esteve-se bem. E foi uma coisa diferente de se fazer, e só isso já foi importante :P
Vou ver se gravo uns cds para a M&Ms para ela levar lá para o congresso ou lá o que é para onde ela vai esta semana – e que a vai fazer estar longe no dia dos meus anos >=(
And now, my musical advice for the day:

The Clash
I Fought The Law

Breaking rocks in the hot sun
I fought the law and the law won.
I fought the law and the law won.
I needed money 'cause I had none
I fought the law and the law won.
I fought the law and the law won.
I miss my baby and I feel so bad
I guess my race is run
She's the best girl I've ever had
I fought the law and the law won
I fought the law and the law won.
Robbin' people with a six gun
I fougt the law and the law won
I fought the law and the law won
I miss my baby and I miss my fun
I fought the law and the law won
I fought the law and the law won
I miss my baby and I feel so bad
I guess my race is run
She's the best girl I've ever had
I fought the law and the law won
I fought the law and the law won

:) hasta!

Thursday, November 25, 2004

Está na hora de mais um... (rufar de tambores) Resumo da Semana! Admitam que salivaram por este momento :P
Depois de um fim de semana tão grandioso, seria difícil para a semana manter o ritmo, até porque durante a semana há sempre aquela coisa horrorosa chamada "aulas" que estragam os dias todos. However, a Seita da Pura consegue sempre manter um certo nível de degredo e alegria que tornam os dias bem melhores :) Segunda não foi um dia particularmente rico em acontecimentos marcantes, e passou como apenas mais um dia do calendário. Terça já foi um dia mais excitante; ou para dizer melhor, uma hora do almoço mais excitante. Acordei de manhã, sem pachorra para ir à teórica de Ecma (as always *cof cof*) e para a minha sorte, os meus comparsas (que já estavam na faculdade, por causa de já terem tido uma aula prática) pensaram da mesma maneira que eu. Por isso estava eu a sair do autocarro às 11h e qualquer coisa quando recebo uma mensagem do Citrus a dizer que eles não iam à aula e para eu ir ter em frente ao teatro Sá da Bandeira. Lá fui eu, esperei não sei quanto tempo a olhar para o estúpido cartaz que anuncia a peça "Morangos com Açúcar" (o espírito da capital europeia da cultura ainda está vivo lol) eis senão quando começo a ouvir o Citrus a gritar o meu nome na rua. Levantei-me e fui ter com eles, imediatamente reparei que a seita estava maior do que o habitual e que por isso devia andar por ali coisa. Não demorou muito tempo até me aperceber de que toda a gente tinha metido na cabeça ir comer uma francesinha lol eles tanto ougavam, tanto ougavam, que não demorou nada a eu ougar também, e deitamos pés ao caminho á procura de um restaurante bom onde servissem a dita especialidade. O Vício disse que na Regaleira as francesinhas eram boas, fomos até lá mas assustamo-nos um pouco com o preço das refeições. Já não sei quem foi que disse, quando fizemos a observação de que os preços eram um bocado altos: "Oh, mas isso é da comida!!" lol o que significaria que francesinha não é comida lol : anyway, isto na altura teve piada. O preço das francesinhas não estava nos menus, e ninguém se quis dar ao trabalho de ir lá dentro perguntar o preço delas, portanto começamos a estudar outras opções. A TMVTJElsa (don't ask :P) sugeriu que fôssemos ao Barcarola, só que isso é na rua de costa cabral e ia exigir que andássemos para trás e para a frente em autocarros, e não podíamos fazer uma estimativa certa do tempo que isso ia demorar, e estávamos inevitavekmente condicionados pelo tempo (malditas aulas às 14h!! grrrr). Uma colega nossa lamentou-se dizendo "Eu bem tinha dito que devíamos ter ido para Gaia!", frase essa que repetiu cerca de 3 vezes em cada 2 minutos, nos 20 minutos que se seguiram lol O Vício começou a liderar as hostes para um restaurante chamado Abadia, mas logo que lá chegamos vimos que aquilo tinha um ar muito chique e nos menus também não apareciam francesinhas. Por esta altura, a Porphyra juntou-se a nós e ligou para um dos seus contactos a informar-se sobre os restaurantes de francesinhas da zona. Foi um telefonema sem grandes frutos lol Já estávamos a entrar em desespero e o Micks punha as mãos no fogo em como o Capa Negra 2 era algures perto dali, e começou ele a liderar as hostes por outra rua acima. Pouco tempo depois, soubemos que o Capa Negra 2 não era nada para ali. Houve a sugestão de irmos comer à Pizza Hut, mas isto depois de ougar por uma francesinha, não há mais nada que satisfaça senão a dita... Não tivemos outro remédio senão ir ao Via Catarina e comer uma francesinha no Pátio das Delícias :P a francesinha até era boa, mas o molho era todo esquisitóide, e isso estragou um bocado a experiência. Durante o dito almoço, a Porphyra fartou-se de tirar fotos do nosso bando em poses bem malucas :P Devia haver qualquer coisa no molho das francesinhas, porque quando acabamos estávamos todos bastante loucos, a dizer e a fazer coisas sem sentido (como pôr batatas fritas no nariz *cof cof*), it was a hell of a good time :) No fim do almoço, como ainda nos sobrava algum tempo, fomos até à Fnac, para vermos todas as coisas que queremos comprar mas não podemos porque há falta de guito. É muito deprimente, mas não é por isso que deixamos de lá ir lol :D Para verem como o molho da francesinha estava mau e teve efeitos negativos sobre a nossa psique, o pobre Micks e a nossa colega, a Sara pikena, puseram-se a ouvir o cd "Canções para Louvar"... o que um molho faz às pessoas. Eu tive de bazar mais cedo porque ia ter aulas no botânico, o idiota o autocarro atrasou-se imenso e cheguei à aula cerca de 20 minutos mais tarde. Aquilo sim, foi uma aula produtiva! Não fiz nada. A ponta de um corno, não mexi uma palha, não fiz nada de nada. Cheguei lá, vesti a bata, sentei-me. Passada meia hora levantei-me para ir até à estufa para ouvir a explicação da profe sobre os resultados do trabalho anterior, quando ela acabou fui assinar, tirei a bata e bazei. Fui para os Leões, andei a enconar de um lado para o outro até às 16h30. Tive uma aula de Ecma prática puramente insuportável (duas horas e um quarto de paleio sobre ETARs com uma profe que é uma seca total a dar as aulas, ainda por cima o raio da venenosa esteve sempre ao meu lado, o que significa que não pude desenhar nadinha e tive de fingir estar com atenção, e também tive de ouvir as bocas muito subtis - ou não - que ela mandava sobre o facto de o pessoal não ir às teóricas) e vim embora. Quarta também não aconteceu nada de mais durante o dia. Em Histofisiologia Animal prática estivemos a fazer medições da pressão arterial, e até que foi curtido. A profe estava toda simpática, só não era muito simpático aquele fedor a tabaco que ela exalava quando se aproximava de nós :S O Citrus e a Timli mediram-me a mim a primeira vez, ou seja, eu fui a cobaia e tive sorte em não ter ficado sem braço :\ lol acho que ele chegou a ficar roxo algumas vezes. Aqueles incompetentes não me souberam medir a pressão em condições lol Tive de fazer eu ao Citrus a seguir para lhes ensinar ^_^ Não foi bem isso, mas a verdade é que saí de lá sem saber qual era a minha pressão porque eles não mediram como deve ser, mas a Timli e o Citrus souberam a deles. Not fair! >=( Estivemos não sei quanto tempo naquilo, quando o Citrus esteve a medir a da Timli eu carreguei-lhe na orelha com uma caneta, e ele deve ter-se assustado e deu uma alta cabeçada num microscópio que estava pousado na mesa lolol eu parti-me imediatamente a rir, aa Timli também, e o pessoal dos 2 grupos ao nosso lado também se começaram a rir, a profe (que estava á porta a fumar) virou-se logo para dentro a dizer qualquer coisa do género "Vocês estão aí mas é na brincadeira quando deviam estar a medir as pressões!!", e eu a morder-me toda para não me rir. Foi impossível, pensei que a qualquer momento ia rebentar e mandar uma gargalhada mesmo alta, e ser expulsa da aula ou assim lol Depois vim embora e quando cheguei a casa vi que tinha ganho convite para a antestreia de "O Apartamento", no original "Wicker Park", para o Norteshops. Pensei furiosamente em arranjar companhia, mas ninguém podia, foi um stress dos diabos. Se ao menos já tivesse a carta lol A minha mãe acabou por me fazer companhia ^_^

O filme foi bastante bom, pelo menos eu gostei. É contado de trás para a frente, dá umas reviravoltas, está bem feito, eu curti e aconselho. O final é assim um momento munto munito lol eu ia morrendo lol pensei que ia derramar-me em lágrimas no meio do cinema, e nem sou nada dessas coisas. Mas também podia ser por estar a ter um ataque das minhas alergias :\ Hoje aulinha de química, correu bem, até porque tive a óptima notícia de que para a semana não há aulas de química práticas nem teórico-práticas :D weeeeeeeeeeeeeeeeee!!
Para terminar o post, ficam os parabéns ao Vício por ter passado no código :D Parabéns Vício!! Tás lá! :D
Edit: como foi possível esquecer-me de agradecer ao XTG?? Afinal de contas, ele é que me informou do passatempo para este filme (aliás, ele é que informou da existência dos passatempos do c7nema lol, mas por acaso deste foi ele que me mandou especificamente o link e tudo)! Arigato, XTG-san! :D *vénia*

Sunday, November 21, 2004

Breakdance fucking rules!!

Já alguma vez tiveram dificuldade em encontrar palavras para descrever quão boa uma coisa foi? Sentiram que por mais que digam, as palavras não suficientes? Não se preocupem que não vai sair daqui nada exageradamente profundo... Eu estou com esse problema em relação a uma coisa, mas parece-me que já sei como resolvê-lo... A battle de ontem foi a puta da coisa mais excelente que já vi em toda a minha vida!!!!!! :D Opah, eu nem sei dizer o quanto gostei daquilo... Delirei ao máximo! Foi mesmo fenomenal. Passando aos pormenores.
Depois de uns stresses com os autocarros aqui da zona (um estupor que partiu adiantado e que apesar de eu correr para o tentar apanhar, o motorista não me deixou entrar >=(, e depois esperei para aí meia hora sem ver vivalma de mais nenhum bus...) decidi telefonar à Litha a dizer que o melhor mesmo era o pai dela vir-me buscar e levar-nos a Leça a casa do namorado dela, a.k.a b-boy Brain, porque àquela hora já lá devíamos estar e ainda eu estava enregelada numa paragem de autocarro e sem sinais de entrar num tão cedo. Ela concordou, claro, a pressa era mais que muita e daí a uns 10 minutos (ou mais :P nem sei o que me pareceu, estava fora de casa ao frio para aí há uma hora e já estava a congelar) lá chegou a minha casa. Eu praticamente voei para dentro do carro e ela começou logo a dizer ao pai para se despachar porque já estávamos atrasadas lol só que estava um bocadinho de trânsito e é lógico que o pai dela não podia voar por cima dos carros lol Eram para aí 18h30 e não é que estivéssemos tão atrasadas assim, mas já passava da hora a que tínhamos combinado em casa dele e pronto. Chegamos a Leça antes das 19h, estivemos a ver uns vídeos de break no computador dele para abrir o apetite, depois jantamos e depois chegou uma rapariga amiga do Brain, que estava a começar no break. Ela era tótil faladora e muito divertida e portanto estivemos na risota algum tempo, e a ver mais alguns vídeos das training sessions dele. Essa rapariga foi skater durante uns anos e estivemos a falar disso algum tempo, como eu estou agora a ser aprendiz de skater ^_^ só que claro, tive de fazer figura de ursa, enganei-me a dizer uma cena tão simples como a minha stance, que é goofy, eu troquei tudo e disse que era regular lol que mal. Foi mesmo fixe conversar com alguém que sabe disto, é o que eu digo, preciso de conhecer mais malucos... lol A certa altura a Litha lembrou-se de pedir ao Brain para irmos todos para a rua breakar lolol Estava um frio do carago, e ela queria que fôssemos lá para fora :D acabamos mesmo por ir, o Brain esteve a fazer das suas à porta de casa, e ele fartou-se de dizer que estava enferrujado, mas eu achei que ele estava bastante bem, para quem tinha parado o break há 2 anos e só recomeçou a treinar há uns meses. Mas atenção que ele já foi campeão nacional, portanto... Aqui a Nakamura só conhece people de alto nível ^_^ Enfim, lá estava ele a fazer a cena dele, a outra rapariga estava demasiado enregelada para fazer fosse o que fosse, a Litha estava a praticar os poucos moves que sabe e a misturá-los com o seu ballet xD Estou plenamente convencida de que esta minha mana dava uma b-girl excelente, ela tem muito jeito, mas com ballet clássico, moderno, faculdade e outras coisas mais não lhe sobra tempo para treinar o break. É pena, porque acho mesmo que ela ia ser uma b-girl bestial :) Eu estava a ver, toda feliz, fazer nem pensar, porque ainda me partia toda lol só sei fazer um six step muito mal feitinho lol mas depois de ontem tou inspirada para praticar um bocadinho hehe. Entretanto chegou o amigo do Brain que nos ia dar boleia, encafuamo-nos todos no carro e estava-se bem melhor lá dentro, ficou logo um calorzinho humano espantoso lol soube mesmo bem. A primeira viagem foi curta, foi só até um outro sítio qualquer de Leça para nos encontrarmos com os outros b-boys de Leça que iam participar e com o resto da comitiva que ia assistir. Estivemos para aí mais uns 20 minutos a enregelar (apesar de a Litha estar sempre a formar circulozinhos com nós os 4 todos colados uns aos outros para fazer calor humano lol) e depois seguimos para o Porto. Primeiro que fôssemos dar à discoteca foi um dia de juízo, porque os tipos do carro que ia à frente não sabiam ir para lá e andamos em círculos à volta do local da discoteca para aí umas 3 vezes, até que o condutor do nosso carro se decidiu impôr e começou ele a conduzir as hostes. Finalmente estávamos na Number One, muito povo à porta, muita espera e muito frio. Ainda esperamos para aí mais um quarto de hora para entrar, parece que houve uma polémica qualquer por causa da idade mínima para entrar (16 anos) e estavam lá putos mais novos que isso lol Quando já quase não se aguentava o frio, o Brain decidiu que íamos começar a entrar e pronto. Nakamura na guest list, não paga nada hehehe Ainda bem, porque assim como assim ando mal das economias lol Se bem que não me importava de pagar para ver o que vi! O Brain foi-se encontrar com os outros b-boys e eu, a Litha e a outra rapariga quase voamos para uns lugares que estavam livres na primeira fila lol Não podíamos ter ficado melhor instaladas :D Eu estava em pulgas para ver aquilo, nem sei dizer como estava. A Litha então estava toda nervosa, mas estávamos mesmo muito felizes por estar ali. A Battle começou, e a partir daí foi a loucura total... as exibições dos b-boys eram de cortar a respiração, they would spin faster than a freaking speeding bullet, they were the lords of the floor lol Eu estava nas nuvens. Eram battles de 2 contra 2. O Brain não teve muita sorte, porque ele e o b-boy que fazia equipa com ele calharam nas eliminatórias com a única outra equipa de Leça, e os outros estavam melhor treinados e ganharam :( Foi justo, mas gostava que ele tivesse ido mais longe, até porque acho que ele esteve muito bem. O b-boy Ulceras, que era um dos da outra equipa, fez um Electric Boogie que me partiu toda :D curti muito ^_^ Bem, havia lá b-boys excelentes, dos melhores do país... foi mesmo um delírio... a Litha via que eu estava tão feliz que a certa altura agarrou-se a mim a dizer que era uma prenda de anos antecipada para mim :D Os b-boys que eu mais curti foram o b-boy Paulinho, Pedro, MadStyle e Alex (estes 2 últimos foram os que acabaram por ganhar a battle, justamente, são de Lisboa e sensacionais), a crew Al-Qaeda, b-boy Ivo, b-boy Ulceras... ah, e claro o Brain, porque é um tipo porreiro hehehe e porque aposto que na próxima battle em que entrar vai partir a casa toda... até porque ele nem se considerava pronto para esta, foi só mesmo para participar. No final da battle houve open floor, e o povo foi lá breakar mais um bocado, mas já eram perto das 2h da matina e a Litha teve de ligar ao pai para nos vir buscar. Saí de lá com uma vontade de começar a fazer flares, e freezes e windmills e electric boogies e master swipes e o caraças mesmo no meio da rua... If only I knew how! Eh pá, é que curti tudo, o ambiente, as battles, a maneira de eles se picarem uns aos outros, a interacção com o público... lindo!:D Estávamos todos tão contentes lol pelo menos eu e a Litha estávamos, e ao tempo que já tinha saudades de me sentir assim tão bem! Fomos dormir para casa dela, ainda estivemos a ver o Jay Leno e a comer bolachas antes de o cansaço levar a melhor (às 4h) e nos deitarmos a dormir no sítio do costume quando dorme lá mais do que uma pessoa: o chão da sala lol eu tive dificuldades em adormecer, porque os meus pés eram 2 blocos de gelo, completamente... tive de me colar às pessoas para me aquecer lol e acabou por dar resultado, aqueci e depois consegui adormecer. Não dormi maravilhosamente bem, até porque parece que isso já nem na minha cama consigo fazer :\, mas enfim, hoje só estou ligeiramente entorpecida. Acordamos para aí às 11h e estivemos a ver TV mais um bocado e a falar das cenas do dia anterior, e na galhofa, porque estávamos com aquela estupidez estremunhada das pessoas que dormiram mal e acabam de acordar. À hora do almoço o Brain teve de ir embora porque ia ter um workshop de breakdance, e eu ainda fiquei porque enfim, estava quentinha demais debaixo dos cobertores e ainda não estava pronta para enfrentar o frio do dia. Passei um bocado da tarde com a Litha, sempre a ver TV e a vegetar debaixo dos cobertores, até que depois de uns 3 episódios do Mad About You, a Litha começou a adormecer (um pouco contra a sua vontade porque ela adora a série) e eu decidi vir embora para a deixar descansar à vontade. E agora cá estou, em casa, a ressacar de todos os good moments deste fim de semana, que foram montes mesmo lol o pior é que agora volto a sentir-me vazia :\ Nestas cenas, custa-me sempre tanto voltar para casa... quem me dera ficar em casa da Litha, ir a outra battle hoje à noite, dormir lá, ir amanhã com o gang ao cinema, ir a uma battle à noite, dormir em casa da M&Ms, passear à beira-mar, dormir em casa da Litha com o gang todo de novo... Só queria isto todos os dias...! Em casa sinto-me só e sinto a falta deles :( Bom, mas vou-me animar, tive um fim de semana lindo, magnífico, excelente, e isso é que é importante ^_^ Litha, tás lá por me teres convidado pra battle, I love you, e Brain, também tás lá, thanks for the awesome show hehehe B-boys and b-girls, you rule this world :)
And now some random pictures... Espero vir a ter algumas da noite passada, se isso acontecer they shall be posted.












Peace, respect and love :)