Sunday, June 19, 2005

Já deve ser do conhecimento geral que eu, de momento, tenho uma vida própria muito reduzida - sim, ainda mais do que o costume >_< Não acontece muito mais do que ir ao cinema (coisa que é essencial à minha sobrevivência) uma vez por semana. Esta semana, o filme eleito foi "Banlieue 13", ou, em português, "Os Gangs do Bairro 13" - um brainless action movie com bom aspecto suficiente para fazer a ponte cinematográfica entre o "Sin City" (que vi a semana passada) e o "Batman Begins" (que faço todas as intenções de ir ver na próxima semana). Fui então com o rigormortis (ficamos reduzidos a duo desta vez lol). Na ausência do bólide do rigormortis, o que o impossibilitou de assumir a sua personalidade alternativa de "Relâmpago do Asfalto", tivemos de ir de comboio e autocarro, e isso dá-nos sempre a oportunidade de encontrarmos pessoas com quem gozar pelo menos durante parte do caminho :P É a única coisa que se pode fazer durante uma viagem de transportes públicos para nos mantermos vivos enquanto não chegamos ao nosso destino lol Ainda demoramos algum tempo a chegar ao Arrábida Shopping, portanto quando lá chegamos já eram horas do almoço. Vimos uma exposição de Minis (os carros :P) e pensamos logo na M&Ms lol o rigormortis disse que ela não devia gostar daquilo porque só estavam lá os Minis velhos, mas mais à frente estavam os novos, portanto he was wrong ^_^ Depois do almoço e de comprarmos os bilhetes (que são mais caros lá... não sei se os estudantes de Gaia têm rendimentos, mas a porcaria do preço de bilhete de estudante está a subir e eu não estou a gostar, damn it >_<) o rigormortis foi comprar cartões de créditos na Microlândia e vá de se alapar ao volante da máquina do Initial D, como sempre :P lol estivemos lá para aí meia hora. Aquela música toda azeiteira e tal... nunca deixa de me surpreender, apesar de já estar farta de ver aquele jogo à minha frente lol Depois, finalmente, tinha chegado a hora do filme. Depois de já termos entrado, eu olhei para trás e reparei num cartaz que tinha lá na parede que estava a haver uma promoção no bar do cinema em que, na compra de um menu Hollywood, ofereciam um poster do Sin City. Eu quase tive um ataque. Tentei arrastar o rigormortis para fora do cinema enquanto contava todos os míseros cêntimos na minha carteira para ver se tinha o suficiente para comprar o dito menu. Eu parecia possuída e o rigormortis a voz da razão (o que é raro lol), ele acabou por conseguir que eu não comprasse o menu, porque: a) o menu era muito grande e nós tínhamos acabado de comer, logo nunca conseguiríamos beber duas Colas grandes e um pacote dos maiores de pipocas, b) o poster não era dos grandes, como eu quero, e c) não tínhamos dinheiro. *sigh* MAS EU QUERO UM POSTER DO SIN CITY!! U_U Well, moving on...
Image hosted by Photobucket.com
Eu gostei do filme. É claro que o argumento, apesar de, na minha opinião, ser melhor do que em "Yamakasi" e "Yamakasi 2" (que era desprovido de argumento lol o realizador deve ter sido do género : "eh pá, vamos filmar estes catraios aqui a andarem às piruetas e vamos inventando uma história qualquer à medida que eles vão fazendo as piruetas") - e estou a comparar com estes filmes por serem do mesmo género - ainda não era nada de maravilhoso, assim como o desenvolvimento das personagens era fraco, os actores não eram grande coisa, etc. Mas a acção, meus amigos, a acção. Ninguém no seu perfeito juízo ia ver um filme chamado "Os Gangs do Bairro 13" à espera de argumentos shakespearianos, ou interpretações brilhantes, ou coisa do género. Vai-se ver um filme destes à espera de ter acção, porradinsky, e nesse aspecto não desiludiu. Os actores principais eram tipo homem-aranha, eles saltavam, voavam, caíam, trepavam a tudo e mais alguma coisa, um autêntico espectáculo. Melhor que nos "Yamakasi". Era mesmo de uma pessoa ficar de boca aberta. Tudo feitinho sem fios nem tretas nem nada, eu vi o making off e eles andavam livres que nem passarinhos. Eu saí de lá a pensar que o governo francês deve pôr qualquer coisa especial na água, porque ultimamente nos filmes franceses deste género, é ver os gajos a andarem aos saltos de prédio em prédio o_O Depois vim-me pôr a investigar, e parece que isso é mesmo uma nova moda, desporto, filosofia, o que quer que lhe queiram chamar, que se chama parkour (acho eu). Em inglês, chamam-lhe "Urban free flow", ou "Free running". E um dos rapazotes do filme, chamado David Belle, é um dos fundadores dessa coisa - não admira que ele fosse melhor que os outros tipos dos Yamakasi :\ Portanto o pessoal que faz isto dedica-se a saltar e a trepar e a amarinhar por prédios acima e abaixo. É impressionante de se ver ^_^ Vale a pena gastar dinheiro para ver este filme para ver estas acrobacias malucas, mas não contem com uma história que faça muito sentido, nem com actuações muito boas, nem com diálogos por aí além.
Image hosted by Photobucket.com

Image hosted by Photobucket.com

Image hosted by Photobucket.com
Este é o tal David Belle, o campeão que salta e voa por todo o lado :P Há por aí uns videos dele porreiros, é questão de procurarem e devem encontrar qualquer coisa. Por exemplo, se forem a: http://www.tv-ark.org.uk/bbccontinuity/bbc1continuity2000s.html está lá um vídeo promocional que ele fez para a BBC, procurem o vídeo chamado "Rush Hour", é engraçadinho :)
Falando de outro filme que também vi esta semana, mas no qual, felizmente, não gastei nenhum dinheiro :P Quase aposto que nenhum de vocês ouviu falar de um filme chamado "The Jackhammer Massacre", mas eu, na minha insaciável demanda para ver quantos filmes de terror me for possível ver, investigo os mais desconhecidos, os os mais rebuscados, os mais rejeitados filmes de terror que houver. Claro que com isto vejo imenso lixo, mas como até me rio com estes filmes, não me importo :P Bem, este "The Jackhammer Massacre" é mau, bastante mau.
Image hosted by Photobucket.com
O filme começa com uma cena em que há uns gajos, com pinta de maus, que estão num carro e vão ter a um armazém de ferramentas e vê-se logo que estão com ela filada para arranjar molho. Eles entram no armazém e anda lá um desgraçado qualquer, que vê-se logo que é alto drogado, e os gajos começam a ameaçá-lo porque ele lhes deve dinheiro e tal. Entao agarram no gajo e dão-lhe uns murros e depois espetam-lhe com uma mistura qualquer de drogas que supostamente dava para matar um elefante. E enquanto o gajo fica no chão a estrebuchar, um dos maus, em vez de ir embora, põe-se lá a mexer numa aparelhagem qualquer toda podre. Nisto, o drogado acorda, afinal não morreu como os dealers pensavam, e pega num martelo pneumático que estava ali à mão, e vá de chegar giz no mau que lhe estava a mexer na aprelhagem, o gajo enfia-lhe o martelo pneumático na boca e lixa-lhe a cara toda. Início prometedor. Bem, depois há um flashback qualquer em que vemos o drogado assim com um cabelo todo lambido, todo bem vestido, com alto carrão, e com um amigo que pelos vistos anda sempre drogado. Eles metem-se mais na droga e tal, o amigo dele morre com uma overdose, e o gajo (que a esta altura já sabemos que se chama Jack) fica tolo, mas continua drogado, e fica na merda, todo pobre e miserável e com um braço completamente quilhado e a vomitar pelos cantos (sim, é de facto fantástico de se ver. principalmente o braço... sick >_<). E temos para aí meia hora desta treta do gajo andar para trás e para a frente todo fucked up, antes que o filme volte ao sítio onde começou e começa a haver mais acção. Então ele enfia o martelo pneumático na boca de um dos maus, depois vem o outro e ele desata a apunhalar-lhe a cara com uma seringa. E isto tudo porque ele começou a ver o fantasma do amigo morto, que falava com ele e o convencia que a DEA (Drug Enforcement Administration) andava atrás dele, então mandava-o matar tudo quanto fosse pessoas que entrassem no armazém (onde ele era segurança, by the way. não sei como é que ele, todo drogado e todo porco e tolo dos cornos conseguiu arranjar um emprego em fosse o que fosse, mas pelos vistos conseguiu). A partir daqui, começou a haver um afluxo de gente para o armazém. Eu às tantas distraí-me do filme, portanto alguma dessa gente não sei como foi lá parar, mas isso tamb+em não é importante. Eles iam lá e ele matava-as. Matou o patrão dele quando ele o despediu, e matou uma data de gajos que andavam para lá a fazer não sei quê em tronco nú. Era só vê-lo enfiar o martelo pneumático em orifícios corporais (sim, esse em que estão a pensar também), e quando não havia orifício não havia problema, fazia-se um! E lá ia o martelo pneumático pelas tripas de alguém dentro. Os actores eram abaixo de amadores, aquilo deve ter sido um casting que fizeram aos rejeitados de algum filme porno. A história é o que se vê, palhaçada. E o orçamento do filme deve ter ido todo para comprar o martelo pneumático, alugar o armazém, e comprar coisas para fazer litradas de sangue. Enfim, um filme péssimo, mas que é tão mau que dá para rir. Ele apagou-se do meu computador misteriosamente, mas vou ter de o arranjar outra vez para o rigormortis :P
Enfim, tirando estes e a saga "Evil Dead" (Ash rules \m/) que andei a rever esta semana, não houve mais espaço para filmes.
Vi ontem a maior parte dos MTV Movie Awards. Aquela filme "Mean Girls" fartou-se de ganhar, tal como o "Napoleon Dynamite" (tenho-me fartado de ouvir falar deste filme... :\), mas dos que eu queria que ganhasse, acho que ninguém ganhou nada lol :P Ainda deu para ver os Yellowcard fazerem uma cover ranhosa da música "Don't you forget about me" dos Simple Minds, quando fizeram a homenagem ao filme "The Breakfast Club". No cd "Punk Goes 80s" (um dos meus prazeres culpados musicais favoritos dos últimos tempos) os Rufio fazem uma cover bastante melhor :P
Image hosted by Photobucket.com

4 comments:

XTG said...

bem, o mean girls ñ é nada de jeito lol, k ganda miseria k akilo foi; mas sp fizeram uns sketchs com piada.

o napoleon tb kero ver, mas como n passa cá no cinema tenho que recorrer aos outros meios ^^

agora que não fazes nada, que tal vires tu cá a Lx? :P ***

nakamura_michiyo said...

bem me parece que o mean girls n era nada d jeito, n disse nada pq n vi o filme e n queria estar a fazer juízos sem ter visto :P houve alguns sketchs com piada, houve... houve um que eu me parti a rir, que foi no do star wars III, quando o jimmy falon começou aos mortais e ia guinchando "Lava lava lava lava!!" e deopis caiu na lava xD lolol n sei porquê, escangalhei-me mesmo a rir.
também vou recorrer a esses outros meios para ver o napoleon, ou espero até tu veres e dizeres se vale a pena ^_^
eu não faço nada de jeito, mas tenho de ficar encafuada em casa a estudar para os malditos exames :(... the pain, the pain >_<
ah, e deve-se passar qq coisa com o teu blog, ja me aconteceu um monte de vezes ir tentar comentar e não consigo... *****

André Batista said...

pronto é desta!! finalmente irei ter um blog d culto!! adorei ver o teu blog, pois fala pormenorizadamente e com agrado d filmes k vejo, ou k irei ver futuramente! gostei d passar por aqui e espero que continues a actualizar este espectacular blog!
passa também pelo meu blog : http://cool2ra.blogspot.com/
e deixa a tua opinião nos 'comments'.

;) Ganda Blog!

XTG said...

n sei, eu fui lá agora e dava bem... axo eu :P