Saturday, November 18, 2006

Ontem lá joguei no Euromilhões, e, claro, não me saiu nada. DAMN YOU, Euromilhões!!

Em termos de cinema, as coisas por aqui têm andado francamente paraditas. Ou não se arranja tempo, ou os filmes que se quer ver estreiam apenas longe como o caraças, e nisto tudo só acabei por ir ver dois filmes para aí desde há um mês para cá. E eles foram:
Photobucket - Video and Image Hosting

Photobucket - Video and Image Hosting

A Dália Negra não foi, e à falta de uma crítica melhor, nada de especial. Já Os Filhos do Homem achei um filme bastante bom, duro, com um argumento interessante, boas interpretações e uma realização bem catita. Aconselho a irem ver, se é que ainda não foram. De resto, este fim de semana, talvez vá ver O Ilusionista, talvez não vá. AH, como vocês devem invejar a minha vida fascinante e recheada de mistério! Ou então não.

Saltando agora da 7ª arte para a 9ª (já agora, quem é que fez este ranking das artes? Não, a sério, gostava de saber.), falemos de comics. Esta semana comprei e li o bastante badalado "Revelations" da dupla Paul Jenkins e Humberto Ramos.

Photobucket - Video and Image Hosting

São 160 páginas que giram à volta da investigação da morte de um cardeal do Vaticano, o mais indicado sucessor do Papa, morto em circunstâncias um pouco mais que misteriosas. O detective Charlie Northern, da Scotland Yard, é encarregado de tratar do caso, e à medida que este se vai desenrolando, ele vai descobrindo segredos escuros que desafiam a sua falta de fé. É uma leitura interessante, mas a acção propriamente dita demora a começar, mas mesmo no final o ritmo acelera bastante de tal forma que chega a ser algo confuso e nos deixa a querer umas explicaçõezinhas extra. Alguns assuntos são difíceis de relacionar com a história propriamente dita (falam algumas vezes em Fátima e de uma suposta quarta criança com uma profecia mantida em segredo, mas fiquei sem ter a certeza que profecia seria essa), mas não deixa de ser uma boa leitura para quem gostar de teorias da conspiração.

Mas o absoluto destaque vai para:
Photobucket - Video and Image Hosting

Esta já o tenho há umas semanitas, tive de o mandar vir da Amazon porque no nosso país ranhoso insiste em não sair para venda. Desde que li Johhny The Homicidal Maniac que de cada vez que ia à Fnac sentia uma chamazinha de esprança acender em mim quando vasculhava a secção de comics, uma esprança de que esta preciosidade estivesse lá à venda. Mas nunca estava. E então, anos depois, resolvi mexer-me e pronto, screw Fnac que a Amazon serve muito bem. E que bem que fiz: o livro é simplesmente hilariante. Típico humor de Jhonen Vasquez, escuro, distorcido, sádico, perturbador, mas sempre de fazer rir à fartazana. Squee é um pequeno rapazito rejeitado - ou deverei dizer odiado - pelos pais, e cujo único amigo é um ursinho de peluche chamado Shmee (urso esse com um ar, ele próprio, bastante perturbador), isto se não contarmos aquele catraio que na segunda história é comido por um cão chamado Nacho. Na escola, todos fazem troça dele, e nem à noite o pobre tem sossego porque é assolado por pesadelos verdadeiramente horríveis. E depois, ora aparecem extraterrestres para o raptar, ora ele descobre que de repente o filho de Satanás é colega de turma dele, ou as crianças da escola se transformam em zombies - a verdade é que o Squee não tem descanso. Ah, e é vizinho do nosso amigo Nny, o Homicidal Maniac do outro livro. É, no fundo, uma das personagens mais torturadas do mundo dos Comics. E para além da colecção de Squee, que ocupa metade do livro, a outra metada é recheada de tiras intituladas "Meanwhiles" (destaque para um jantar romântico em que a metade masculina é de repente assolada por uma valente diarreia, e para a criação do novo boneco Tickle Me Hellmo), os famosos comics criados pelo Nny do Happy Noodle Boy, o nosso velho conhecido Fillerbunny (um dos personagens mais maltratados e engraçados, um pequeno coelho que é preservado em formol e continuamente ressuscitado através de processos dolorosos, e cujo único objectivo de vida é ocupar espaço - daí o Filler - e alegrar a vida dos leitores) e tiras do Wobbly Headed Boy, uma criatura amaldiçoada pela sua própria sapiência. Enfim, é uma pequena jóia que tenho com todo o orgulho na minha colecção de comics e que não hesito em recomendar!

Photobucket - Video and Image Hosting

Fillerbunny pertence totalmente ao xôr Jhonen Vasquez.

3 comments:

Black Math said...

haha.... haaaa euromilhões euromilhões.. tambem joguei... e queres saber que mais ? tambem não me saiu.. nem um cadito assim... sacaninhas que eles são.. pois se me tivesse saido tal quantia de dinheiro iria pois comcerteza oferecer tudo aos mais carenciados e....... bfff hahahaha.. screw that.. you know what i really do with all that money ?? i would like to have a statue of myself with 1km high MADE IN GOLD !!! YEAH !!
ou então faria o que sempre sonhei fazer... comprar uma ilha.. fabricar uma ogiva nuclear e por o mundo a resgate.. MUHAHAHAHA... you know... just like in those James Bond movies... yeah........ e porque raio ninguem no noticiario responde este tipo de coisas quando lhes é perguntado o que iriam fazer com tanta guita ?? dizem sempre algo como.. ai e tal vou acabar de pagar a prestação da casa e dar entrada para a cristaleira e a mesinha de cabeceira po quarto dos putos, e se sobrar algum dos 29000000000 MIL MILHOES pois então era capaz de por umas jantes especiais no meu opel corsa, assim coisas a maluco..

so uma coisa.. ainda tou a falar do Euromilhões ?? serio ?? preciso mesmo d trabalhar... isto d ter demasiado tempo entre mãos dá nisto...

quanto a filmes tb estou como tu... vejo poucos.. sacanas dos jeitosos estreiam sempre demasiado longe... serio... por vezes estreiam num unico cinema em lisboa..

prepara-t para a partir de agora e sempre que comprares um novo comic ficares sempre desiludida... pois depois de leres o blankets tudo o resto parece assim po fraqunho né ?
tirando o Squee..... adorei.... e marcou-m verdadeiramente... a ultraviolencia no seu melhor e com o melhor sentido d humor que já vi no MUNDO DOS COMICS !! quer dizer... tambem axei montes d piada ao X-Men nº463 em que o XicoLopes confunde o Wolverine com a Jean Grey e depois quando os dois reapram no ERRO que acabaram de fazer... it's just TO LATE !!!

já perdi fio a meada... i will press "enter" now...

nakamura_michiyo said...

hell yeah, mas eu não quereria uma estátua de mim em ouro... TALVEZ EM PLATINA!! haha ou não, the last thing this world needs is a gold statue of me... after a new Europe cd, that is... as pessoas que sao entrevistadas na tv pensam "ah e tal deixa cá enfiar uma grande peta a estes gajos pra eles pensarem que sou boa pessoa e pra ver se me dá boa sorte pra ganhar uns cobres" mas na realidade eles pensam em tampas de sanita de ouro e ferraris com subwoofers gigantes e jantes de prata e volante de corno de rinoceronte preto. O euromilhoes éum tema que tem pano pra mangas... agora em vez de se falar do tempo quando não se tem nada que dizer, fala-se do euromilhões!
BLANKETS, I sure loved it... claro que li o squee já depois de ter lido o blankets, mas gostei tanto quanto é possível gostar...oh my god... já sei, se ganhasse o euromilhões comprava o Jhonen Vasquez e fazia-o fazer livros só pra MIM! depois podia-te emprestar :P boa ideia, não?
"Mr. Jhonen, I DESIRE to buy you".
hahaha
Boy your comment sure made me laugh like a crazy person... gladly I didn't readit at college... then everybody would think I'm even crazier...!

nós e tal said...

SQuee! ele rual! u livro e completamente fora do normal! ta mt fixe!
Uma amg mh e apaixonada por jack...
http://www.deviantart.com/deviation/43995849/
ta ai uma bela Fan art!^^