Thursday, March 24, 2005

IX Encontro Nacional de Estudantes de Biologia ou Odisseia em Faro - parte I

Como este post vai ser assim para o grande, vou dividi-lo em 2. Ja nao e a primeira vez que faco isto, portanto you know the deal :P
Ora bem, Sexta feira o dia comecou bem cedo, levantei-me as 5h30 e andei a preparar-me ate as 6h, quando a Porphyra e o seu pai chegaram para me dar boleia e eu ainda andava a correr pela casa a procura de ja nem sei qual cartao que a minha mae insistiu que eu levasse. Depois da Porphyra me ter mandado uns quinhentos toques e eu ter finalmente encontrado o diabo do cartao, la sai de casa e fomos em direccao aos Leoes, o ponto de encontro com toda a gente que ia ao ENEB (Encontro Nacional de Estudantes de Biologia, for those of you who don’t know), que este ano foi em Faro. Portanto para chegarmos a Faro a horas decentes e a tempo da entrega das pastas tinhamos de sair as 7h da matina. Eu e a Porphyra fomos das primeiras a chegar, do nosso ano ainda so la estava o Konas, e para alem dele mais dois caloiros. O pessoal foi chegando, comecou a ficar um grupinho jeitoso, e por fim la chegaram o Citrus, o Vicio, a Pura e a Timli, a arrastarem as suas malas pela praca dos Leoes fora :) Apesar da hora matutina, toda a gente estava bem disposta e xiiitada com a perspectiva dos 4 dias em Faro hehe Descobrimos que os Leoes abrem as portas as 6h30 :P Nao sei quem e que vai para la tao cedo, mas e um facto, aquilo abre as 6h30. As 7h e qualquer coisa chegou a camioneta, e exactamente ao mesmo tempo chegou a Elsa lol aquilo e que e timing. La arrastamos as malas para a camioneta, atiramos com elas la para dentro, ficamos com as mochilas (porque era la que tinhamos mantimentos para sobrevivermos durante aquilo que prometia ser uma longa viagem) e arranjamos uns lugares que nos parecessem bons. Eu fiquei ao lado do Citrus, ao nosso lado estavam a Pura e a Elsa, a nossa frente o Vicio e a Porphyra, e ao lado deles a Timli (que adormeceu quase mal a camioneta comecou a andar lol). Bom, falando por mim, eu estava cheia de pica e não queria nada dormir :P Acho que fomos sempre na conversa ate a Mealhada, onde paramos para tomar o pequeno almoco (ou tomar café, no caso da Porphyra). Acho que nos não comemos nada porque tinhamos bolachas e afins na comioneta (eu tinha Manhazitos ^_^). Esticamos as pernas um bocado, e ainda deu para vermos uma cena engracada, quando uma colega nossa foi levantar dinheiro e distraiu-se na conversa, e dali a nada estava a maquina a dizer “RETIRE O SEU CARTAO” mesmo alto lolol claro que o Citrus pegou e depois durante o resto do dia de cada vez que ela passava comecava ele a dizer “Retire o seu cartao” lol xD Era gira a reaccao dela, e não sei porque, a frase “retire o seu cartao” faz-me sempre rir agora :D Talvez porque isso tambem já me aconteceu, e se o Citrus tivesse estado la quando me aconteceu a mim gozava-me muito mais, porque eu devo ter ficado sem pinga de sangue, apanhei um puto de um susto... distraida e tal, e o etsupor da maquina de repente manda um berro de “Retire o seu cartao!!” xica, quase tive um ataque :P Bom, voltando a viagem. Mais alguma cantoria sobre perder o do das violas e coisas do genero, comer bolachas, ver um casal nos melos, enfim. Sim, porque nos viamos coisas que não queriamos pelas frinchas dos bancos lol Nomeamos esse casal de “Os Lambidos”, deve dar para perceber porque :P O almoco foi na estacao de servico de Alcacer do Sal, la levamos as marmitas para uma mesa e almocamos. Muitas fotos e muita maluqueira, jogamos Uno uma data de vezes (foi a iniciacao do Vicio e da Porphyra no Uno, o chamado “Jogo de tramar o proximo” lol). Houve uma coisa que não gostei, foi que o baralho da Pura não tinha as cartas de trocar de baralho (ela tinha-as deixado em casa), e nao dava para tramar tanto o proximo quanto eu gostaria :P No fim do jogo, a Pura teve um flash de loucura e foi-se empoleirar nos rails perto da auto-estrada lol Comecamos todos a usar compulsivamente a famosa frase da Timli do “Antes que acabe!”, proferida o outro dia, quando alguem ofereceu pastilhas elasticas e ela se precipitou para o pacote das ditas, dizendo “Rapido, antes que acabem!” xD Sempre que alguem oferece alguma coisa, la vamos nos com o “Antes que acabe” para tras e para a frente. Almocamos, retomamos os nossos lugares na camioneta e durante a tarde a viagem foi um pouco mais calma. Eu ate passei pelas brasas. Acho que chegamos a Faro as 16h e qualquer coisa. Mal vimos o nosso hotel foi a animacao, mas ainda tivemos de dar uma grande volta para irmos la ter. Isto porque o hotel, dito em termos meigos, era no cu de Judas, e era preciso dar uma volta enorme para la ir ter. Finalmente, e depois de uma longa (se bem que divertida... e com boa muisca... Expensive Soul no bus rularam!! Ao inicio da viagem puseram-nos a ouvir Caribe Mix ou alguma merda parecida, mas depois foi quase sempre som porreiro. Expensive Soul! hehe) viagem, chegamos ao hotel. Descarregamos as coisas e amontoamo-nos todos no atrio do hotel. Eu já me estava a passar, a pensar que ia haver altas burocracias e nunca mais iamos sair dali, mas acabou por demorar uns 15 minutos e pronto. Claro que naquele momento pareceu muito mais, eu não queria mais nada senao ver-me livre das malas e descansar um bocadinho que fosse no quarto, e pensar que ia haver alguma confusao (por sermos muitos) preocupou-me um bocadinho :P Houve apenas uma ligeira confusao com o nome em que tinham ficado os quartos, mas nenhuma coisa de maior... tipo o meu quarto e do Citrus ficou em nome da Pura lol nos podiamos ter bebido tudo do mini bar que era ela que pagava muahahaha ou entao não lol, nos pagavamos sempre, mas era giro brincar com isto. O quarto era bom, enfim, nada de especial, era um quarto normal. Nem pudemos descansar quase nada porque tinhamos de ir ao Campus de Gambelas da UALG para recebermos as nossas pastas, etc. O que era engracado e que nos não sabiamos onde era o Campus lol Ja saimos do hotel um pouco atrasados e tivemos de ir a pe para Gambelas. Naquela altura, ainda estavamos na ilusao de que Gambelas era ali ao virar da esquina, mas nos andavamos, andavamos, e nada de Gambelas. Ja nem sei quem e que ia a liderar a excursao, mas o Puredo ia na cauda. A maior parte do caminho nem sequer tinha passeios, por isso estavamos a arriscar-nos a sermos passados a ferro por algum algarvio mais acelera. O tempo tambem estava assim para o ranhoso, uma pessoa pensa sempre que no Algarve e que e calor assim, mas estava um vento e uma frescura não muito agradaveis. Demoramos um certo tempo a chegar ao raio do Campus, mas la chegamos. Era para ai a uns 3 km. do hotel, e num sitio que não conehciamos, dava para demorar. Ainda tivemos de dar uma volta aquilo, porque fomos dar a um sitio onde não dava para entrar, tinha rede a vedar (“fuoda-se, caralho pra puta da rede, isto com um alicate e entraba-se logo, caralho, puta que pariu!” lol private joke ;) hehe) e tivemos de andar mais um bocado ate a entrada verdadeira. O campus ainda era grande, devia ter umas 5 ou 6 faculdades... E sempre estranho ver uma coisa assim, porque aqui no Porto não estamos habituados a isso. Vagueamos la por dentro durante algum tempo a procura do sitio onde ia ser a entrega das pastas. Pareciamos umas baratas tontas, a entrar e a sair de edificios sem sabermos para onde ir. Finalmente, descobrimos onde era a entrega das pastas. Já estava um grande fila, mas nem nos suspeitavamos quanto tempo iamos ficar ali! Disseram-nos que a organizacao estava um bocado atrapalhada, e que não valia a pena irmos logo para la, era melhor irmos comer qualquer coisa e depois irmos para a fila. Estava um cromo qualquer na fila com uns calcoezinhos de praia e chinelos mesmo fixe. Estava mesmo bom tempo, nos todos enfiados nos casacos e a tiritar com o frio, e aquele parvo ali de calcoes havaianos... enfim lol. Fomos entao ate ao bar comer qualquer coisa. (inicio de sarcasmo)O bar era enorme, gigantesco, era mesmo grande o suficiente para fornecer lugar a 5 ou 6 faculdades do campus!(fim de sarcasmo). Nos, da FCUP, mal cabiamos la, que fara quando estao os alunos de la todos lol nem quero pensar. Bem, no bar passou-se uma coisa no minimo surreal, mas que me vou impedir de contar. So vou dizer que há pessoas broncas por todo o pais, pelos vistos... e triste. Enfim. Depois de nos termos alimentado devidamente (eu não comi nada, ainda devia estar cheia de manhazitos ou coisa parecida lol) fomos entao para a fila. Estavam umas criaturas de Aveiro a nossa frente com um sotaque todo afectado lol bastou olharmos uns para os outros e comecamos logo a rir-nos. O Vicio não ajudou nada, porque comecou logo com as suas imitacoes fantasticas de sotaques afectados, e não dava para pararmos de rir xD Acho que eles não deram conta, portanto it’s all good. Ficamos la na fila para ai uns 20 minutos antes de nos virem dizer que aquilo era por ordem alfabetica, e tinhamos de nos distribuir pelas respectivas filas. O problema e que eu não via fila nenhuma, via um enorme aglomerado de pessoas, e não sabia bem onde me havia de enfiar. A minha fila era a da outra ponta, eu, Pura, Elsa, Rabibi, Konas e Azi fomos para la, com mais alguns caloiros, e limitamo-nos a esperar. Foi desesperante, estavamos ali esmagados por nao sei quantas pessoas e sem perspectivas de nos despacharmos muito cedo, tinhamos logo de estar na fila com mais gente >.< Contamos historias interessantes (como aquela da rapariga que, numa aula, fez um esfregaço das porcarias da lingua e descobriu-se la um espermatozoide... isto e, no minimo, interessante lolol) e queixamo-nos da ma organizacao durante não sei quanto tempo. Eu sei que so me safei passada uma hora, o Citrus, o Vicio e a Timli já estavam la fora a fazer mimica para mim ha imenso tempo. Eles estavam a sugerir, por gestos, que eu passasse um cartao de credito no rabo do rapaz que estava a minha frente para ver se ele se despachava lol Finalmente sai da maldita fila em posse da pasta (uma misera e ranhosa pasta de cartao!! Não sei porque não tive direito a uma pasta em termos, como a que muita gente teve... ), uma t-shirt, uns presevativos e as senhas de refeicao. Já eram horas de ir jantar e portanto fomos procurar, mais uma vez como baratas tontas, a agora mitica cantina de Gambelas. Não estava muita gente e comemos rapido, a comida era do genero da da reitoria daqui, mas tambem devia ser por termos chegado já tarde (no que diz respeito aos horarios do jantar... porque ainda não deviam ser sete da tarde lol mas enfim) e so termos direito a uns restos remelosos. Depois do jantar, uma questao impunha-se: como voltar para o hotel? Nitidamente, aquele sitio era deficiente em transportes publicos. Iamos para a saida e encontramos o Azi ao pe da cantina a espera de fazer uma pergunta a senhora que la estava, para sabermos horarios dos autocarros, quais as linhas que passavam por ali, etc. Quando a senhora o comecou a atender, eu pensei que ainda devia estar no Alentejo. Que lentidao, senhores! La nos disse a hora a que passava o proximo bus (que ainda ia demorar!), e depois foi a agenda ver se tinha la o numero de telefone da central de taxis. Folheou a agenda toda para descobrir que não tinha. Entao decidiu telefonar a um tal de Jorge para lhe perguntar. Demorou para ai 5 minutos a perguntar o raio do numero :P lol pos-se la no paleio com o Jorge e e o que da. O Azi ficou com o numero dos taxis e nos la fomos embora. Chegados a paragem (que e dentro do campus, o que não deixa de ter a sua piada) decidimos ir a pe. O bilhete de autocarro era 1 euro e 20, uma ganda roubalheira, e nos como somos pobres olha, deitamos pes ao caminho que foi servico. Eu estava mesmo radiante, aquilo era um experiencia parecida com a das ferias do ano passado em Ovar, a percorrermos estradas escuras e assustadoras num sitio desconhecido :D Fui inventando possiveis cenarios para aquela viagem ate que a Timli me ameacou, disse que me cortava a lingua se eu dissesse mais alguma vez que aquilo era aventura :\ Acho que essa foi mais uma das frases que ficou mitica na viagem, eu a dizer que estava a curtir aquelas agruras todas porque eram aventura :D (agora um pequeno aparte, sim, eu andei para ai 30 kilometros quando fiz uma viagem de estudo ao Geres, a M&Ms ate podia vir aqui confirmar, por isso se leres isto gaija faz ai um comment a dizer como e verdade!! Andamos para ai 30 kilometros, e todos voces que não se acreditam vao engolir as vossas vis palavras venenosas :P). A determinada altura, alguem, já não sei bem quem, decidiu experimentar um suposto atalho. Ora num sitio que não conhecemos, inventar atalhos e um bocado perigoso, mas nos já estavamos por tudo, andamos la pelo meio das casas, nas ruas escuras e tal, para mim estava cada vez melhor, era a aventura :P Tudo muito bem ate que um bruto cao nos comecou a seguir. O bichinho era mesmo grande, mas parecia afavel... seguiu-nos durante imenso tempo, e a Timli sempre a tentar fugir ao cao. Era um bocado perturbador, o cao seguia-nos mesmo, e não fez um único gesto ameacador durante o tempo todo, mas era como se estivesse prestes a fazer lol As tantas, numa outra rua, passa por nos outro grande cao, desta vez um com focinho mesmo de mau, o gajo ia todo afilado, foi ter com o outro, comecaram a ladrar e não sei que, e as tantas barraram o caminho a mim, ao Citrus, a Timli e a Pura, que foi apanhada a meio do caminho e não quis ficar sozinha a frente dos caes. Os bichos ficaram bravos, eu so me ria, estavamos todos meios agarrados a ver quando e que os caes nos saltavam a goela... Como tinhamos de continuar, la se fez das tripas coracao e fomos em frente. Passamos os caes e eles não vieram atras de nos hehe Uma coisa que nos reparamos por la e que todas as casas tem pelo menos um cao. Ou há muitos assaltos ou o pessoal ali e paranoico :P Surprisingly enough, demos com o caminho direitinho ate ao hotel. Fomos para os quartos um bocadinho, e depois decidimos ir ate ao bar do hotel beber qualquer coisa. Nessa noite ia haver saida, mas nos estavamos todos estourados e achamos melhor não irmos. Descansamos entao um bocado e descemos para o bar. Os precos eram um bocado desanimadores, mas nos estavamos decididos em tomar uns Cuba Libre :P Mandaram-se vir as ditas bebidas (entretanto havia um velho ingles que estava a atirar-se a Timli lol) e beberam-se galhofeiramente. A Pura ainda entornou um bocado por ela abaixo lol que desperdicio de Cuba Libre. Ficamos por la um bocado, e depois quando foi para pagarmos quase nos estripamos... 4 euros e meio cada Cuba Libre!! Lol alta roubalheira!! Enfim, fomos para os quartos a sentir-nos depenados. Fomos para o quarto do Vicio e da Porphyra, todos menos a Elsa, que foi logo para o quarto descansar. Fartamo-nos de rir, e ainda fizemos umas belas figuras. Eu e o Citrus pegamos numa garrafa de agua do minibar e pusemos-lhe um preservativo, so nos riamos xD Parece que os Cuba Libres tinham algum alcool especial que actuava mesmo em pequenas quantidades :P Jogamos Uno, fizemos estas maluqueiras, e fomos embora um bocado depois de terem comecado os Grammys. Tivemos de tirar o preservativo da garrafa e enfia-la de novo no minibar, claro, ninguem queria pagar 1 euro e meio por uma misera garrafa de agua lol E isto ensina-nos uma importante licao: não beber nada do minibar pela garrafa, nunca se sabe que tipo da malucos estiveram no quarto antes. Eu e o Citrus fomos para o quarto e eu ainda vi os Green Day a ganharem um Grammy qualquer, quase pulei em cima da cama, apesar de já estar virtualmente sem energia nenhuma. Na manha seguinte tinhamos a primeira conferencia as 11h20, mas tivemos de nos levantar cedinho por causa do pequeno almoco no hotel, que era so ate as 10h. O pequeno almoco foi booooooom, havia la um raio de uns paezinhos que eu nem sei, era capaz de comer não sei quantos :P so me faltava arranjar uns guardanapos e embrulhar os paes para levar lol O pequeno almoco nos hoteis e daquelas coisas que me sabe mesmo bem ^_^ Depois do pequeno almoco tivemos de nos por a andar para o campus, porque os autocarros naquele atraso de vida sao coisa que não existe (existir existe, mas tem horarios completamente imbecis). Fizemos o mesmo caminho da noite passada, desta vez sem caes a perseguir-nos, e chegamos mais depressa ao campus. Ao chegarmos la, dividimo-nos: o Vicio, a Porphyra e a Elsa foram ver a conferencia “Carcinoma da Mama – Diagnostico morfologico e Biopatologia” e eu, o Citrus, a Pura e a Timli queriamos ir ver a “A aquacultura em Portugal – situacao actual e novos desafios”. Claro que andamos não sei quanto tempo perdidos pelo meio das faculdades, porque não havia nem um papelzinho a indicar onde era o maldito anfiteatro azul da Faculdade de Ciencias Humanas e Sociais :\ E mais, não se via ninguem... portanto perguntar estava fora de questao. Depois de entrarmos e sairmos de uns quantos edificios, la demos com o certo, e fomos seguindo um ruido de vozes que ouviamos... e assim la fomos dar ao anfiteatro certo.
To be continued!

4 comments:

TF said...

Consegui acabar a parte I...vamos ver se ainda tenho folego para a outra. Estes posts tipo Ben Hur ou Quo Vadis exigem uma persistencia consideravel. :P

XTG said...

first of all, só agora estou a ler isto, shame on me :P
on with the stuff:

*Konas? isso vem de k? é o koninhas k ninguem lhe pode tocar ou papa-as todas? :P

*Retire o cartão era, para mim, até há bem pouco tempo, o auge do multibanco. mas um dia estava eu numa dessas máquinas falantes e o Vilela, mt rapidamente, mal aparece eu acabo de meter o pin ele carrega na tecla 5(axo kera essa). eu fico a olhar, akilo não fez nada, e ele bazou. quando começo a carregar nas teclas e aquilo me gritava toda e qualquer opção disponível... the shame, no meio do vasco da gama, com ele a rir-se ao longe com o César lol :P experimenta com os teus amigos ;)

*Expensive Soul - tá mais que feito, tá perfeito ;)

*Campus de Gambelas, nunca mais gozo com as tuas estações de metro :P

*Estavam umas criaturas de Aveiro a nossa frente com um sotaque todo afectado - ahahahahahahah, o que eu me ri com isto! Próxima vez que fores ao msn tens que me explicar a cena dos sotaques e eu conto-te umas piadas sobre uma enbirração que tenho com Aveiro ;)

*portanto it’s all good - nunca deixar de referir que nós temos muitas "falas" parecidas eheheh; vem morar pa Lx se faz favor :P

*isto e, no minimo, interessante - no mínimo! a língua era a dela? ^^ ihihihiih

*uma t-shirt, uns presevativos e as senhas de refeicao - este post tá cheio de preciosidades lol; tipo, eles deram pastinhas de cartão mas ao menos estavam preocupados que andassem por aí com fomeca, nús e a foder á escape livre (passo a expressão que é dum amigo meu lol) :D

nakamura_michiyo said...

XTG:
* Konas e nome de praxe :D Konas, o barbaro, de nome completo lol
* Tenho mesmo de experimentar fazer isso :D parti-me a rir so a imaginar a situacao xD Tecla 5, right? hehe
* Gambelas e aquela palavra extraordinaria. Uma pessoa quando chega a uma terra chamada Gambelas ja sabe que esta no cu do mundo :P
* Entao no nosso proximo encontro no MSN discutimos os sotaques dos aveirenses, e as tuas embirracoes :D
* Vem morar para o Porto se faz favor ^_^ nos temos francesinhas :)
* sim, a lingua era dela lolol se bem que essa deve ser mais uma daquelas historias tipo mitos urbanos que correm pela faculdade. Teve piada na mesma :P
* foder à escape livre lolol pois, eu tive a pastinha de cartao e pronto, eles la devem ter achado que eu nao tinha ar de quem merecia uma pasta em termos... mas ao menos deram-me o resto :P lol

Os Observadores said...

podes ver ALCÁCER DO SAL EM

http://osobservadores.blogspot.com